Manual de Serviço – Yamaha Ténéré 250

DSC07497

Olá rapeize, venho hoje compartilhar com vocês, em especial, com quem tem a Ténéré 250 -os maiores interessados- o link para download do manual de serviço dela. Sem enrolar, segue o link para download direto do mesmo: http://bit.ly/1eWoK5k

Mas como eu já disse antes, se não tem pleno conhecimento sobre mecânica e injeção eletrônica, não mexa, no máximo, baixe ele e repasse para seu mecânico, para que ele possa fazer um bom serviço na sua moto.

Abraço

 

Anúncios

30 Respostas para “Manual de Serviço – Yamaha Ténéré 250

  1. Olá,
    Tenho uma Tenéré 250 cc.
    Tenho tido alguns problemas com ela em relação ao código de erro 46.

    na primeira vez, troquei a bateria e o retificador de voltagem (muito caro). ontem, rodei com ela com o farol alto ligado e em rotação alta. quando cheguei em casa ela parou de funcionar e acusou esse erro.
    Não sei mais o que fazer nem o que pode ser, alguem pra me ajudar?

    • Tiago, esse código se refere ao fornecimento de tensão para o módulo estar irregular, fora do padrão. Verifique se o estator da moto está gerando tensão para recarregar a bateria, e verifique também se a bateria está ok. Uma recarga na bateria feita corretamente pode resolver isso, se o estator estiver funcionando normalmente.

      Espero ter ajudado.

  2. Boa Noite!
    erá que vaMinha dúvida é a seguinte; tenho uma tenere 2013 que atualmente esta com 2100 kms, na revisão de 1000 km ha 03 meses atrás, após verificar se tinha algum vasamento de oleo, notei que a concessionária machucou levemente a cabeça do bujão parafuso do carter, quando foi trocado o óleo. Será que vai dar problemas na próxima troca?Este parafuso é facil de encontrar? Desde já muito obrigado.
    OBS. Voltei na cc e reclamei, já conversei em outra cc aqui da região para próxima revisão.

    • Fique tranquilo, se usar a ferramenta certa, não terá problema, porém, sugiro que providencie na próxima troca a aquisição do parafuso novo. Pois já tive problema com isso… e o parafuso na concessionária é tão barato que não compensa o risco.

      Espero ter ajudado. Abraço. E se me permite uma sugestão, após o término da garantia, esqueça o Yamalube, que é o óleo recomendado, que tem base mineral, por um óleo semissintético. O preço é quase o mesmo, porém, a lubrificação é mais eficiente. Só um detalhe, você provavelmente não percebera a diferença, mas a médio/longo prazo, verá que seu motor se mantém como era quando 0 km. Eu uso o Motul 5100 e troco o filtro de óleo toda vez que troco o óleo.

      Abraço

    • Olá André, sua moto é uma Ténéré 250? Se for, faça o download do manual de serviços no link publicado neste texto que você comentou, assim poderá ler em detalhes todos os passos para encontrar a causa do defeito. Na Ténéré 250 o código 19 indica “Circuito aberto no fio de entrada do interruptor do cavalete lateral ao ECU.” Ou seja, verifique o sensor do cavalete lateral (pézinho) da sua moto, e se o conector do sensor está bem encaixado. Se estiver com acumulo de sujeira, limpe tudo, seque as conexões e verifique se estão bem encaixadas. Provavelmente o problema estará sanado.

      Abraço

  3. me ajude quero comprar uma moto para fazer percurso urbano e viajar seisventos km ida e seiscentos volta no asfalto. o farol da tenerer 250 eh bom? tenho 51 anos e sou advogado tou me aposentando

    • Olá William,

      Depende…

      A Ténéré tem posição de pilotagem mais confortável e tem a proteção aerodinâmica (que pode ser substituida por uma ainda maior, como eu fiz), que aumenta o conforto em alta velocidade e o longo curso da suspensão colabora para sobreviver em trechos onde o asfalto é ruim. O farol é mais eficiente do que da Fazer sim.

      Mas, a Fazer é mais asfalto que a Ténéré, então, se só for rodar por asfalto bom sempre nesse trajeto e for sozinho (e quiser pilotar um pouco mais esportivo nos trechos de serra, cheios de curvas, a Fazer pode ser mais divertida. Existe opção no mercado de parabrisa para ela. (fica feio, mas ajuda muito a proteger do vento forte).

      Se você não for um cara alto, a Fazer será melhor, pois é fácil encostar os pés no chão. Vá até uma concessionária e suba nas duas para ver isso. Tenho 1,85m e não encosto os dois pés inteiros no chão, mas lido com a moto tranquilamente, pelo costume. Se for usar também nas péssimas ruas das cidades, a Ténéré com sua suspensão e conforto ganham a disputa.

      Complicado dizer qual é melhor amigo. Espero que estas dicas tenham sido uteis para sua escolha final.

  4. Bom dia. Você disse numa resposta que trocou a proteção aerodinâmica da tenere por uma mais alta. Como sou alto, com a bolha original, a turbulência do vento pega na minha cara. Onde encontro uma bolha maior ? Serve no mesmo encaixe ? muito obrigado pelo Manual e por suas respostas.
    abraço

    • Amigo é da Motovisor, o encaixe é igual ao original, apenas tem que ver, pois são duas versões, 1 para quem usa protetor de guidão e outra para quem não usa. Custa uns 150 reais e ou voce entra em contato com a Motovisor para saber onde tem mais perto da sua casa, ou vai nas moto peças da sua região e procura. Recomendo.

    • Cara, mudam algumas coisas, a balança agora tem rolamentos e não buchas, e os pneus são Metzeler Tourance. Tem outras mudanças mínimas que nem consigo te explicar. Desculpe.

  5. amigo ,tive esse problema na carga da bateria ,só não troquei o controlador de tensão más há um diodo de carga se ele abrir não passa carga para bateria,fica localizado na lateral,próximo do relé de partida.

  6. Bom dia,
    obrigado pelo manual…tbm tenho uma tenere 250.
    …li algumas repostas dada por vcs e achei mto massa a atenção dada…
    Vcs estão de parabéns!!!

  7. Tenho uma tenere 250 e ja não sei o que fazer!! Sempre que pego chuva com ela a moto morre!! Todas as vezes que para no farol ou em transito ela morre?? Alguém sabe me dizer?? Obrigado!!

    • Paulo, pelo que disse, pode ser falha no sistema de ignição. Cheque (ou peça para um mecânico de confiança checar a condição (e as conexões) da bobina de ignição, do cabo de vela, do terminal supressor da vela (conhecido como “cachimbo”) e obviamente, se a vela está boa e se está usando a correta.

      Se após se certificar que não é na ignição o problema, terá que caçar no chicote elétrico algum fio descascado, danificado, que está gerando curto e fazendo a moto apagar, quando cai água nele.

      Não tente fazer isso em casa, pois é um serviço delicado, leve em um bom reparador, de preferência, especializado em injeção eletrônica. Dica: pergunte se ele tem o scanner da moto e peça para ver. Se ele não tiver, leve a moto em outro.

    • Paulo, tive problemas com a minha tenéré 250/2011 apagando nas paradas. Além disso, chegou a cortar durante ultrapassagens, e sempre acendia a lâmpada amarela do painel. O mecânico sugeriu a possibilidade da troca da bomba de combustível. Em um fórum (não me lembro qual) recebi uma dica que resolveu e não tenho problemas há mais de um ano.
      1) Não uso mais gasolina aditivada;
      2) Abasteci 3 tanques completos com gasolina comum e coloquei o aditivo extra;
      Fiz isso seguindo as dicas do fórum, já que sairia mais barato (caso não houvesse alguma complicação mais séria) do que a troca da bomba.
      Como resultado não tive mais problemas dessa natureza. Uso uma bolha 10cm mais alta (mais arrasto) o que deixa a viagem mais confortável. A uma velocidade entre 100 e 110 km/h e rotação 6500/6800 com carona, a moto está fazendo entre 29 e 30 km/litro.

      • Evaldo, essa recomendação de não usar gasolina aditivada é mito. Se o posto é confiável, use aditivada, isso irá postergar o intervalo para abrir o motor por acúmulo de resíduos (carbonização), sem a necessidade de aditivos extras. Moto apagando em lenta pode ser simplesmente vela de ignição precisando ser trocada.

  8. boa tarde amigos que possuem uma tenebrosa,tenho uma 2012 ela esta com 45mil km esta me tirando a paz um problema ela esta aparecendo um erro codigo 0020 nao consigo indentificar o que isso siguinica seguido de oscilaçao na rotaçao desligamento repentino , se um dos a migos ja passou por isso e poder comprtilhar fico agradecido abraços………

  9. boa noite, tenho uma tenere 250/2014/17.000km e recentemente ela não está ligando…como se a bateria estivesse descarregada. dou um tranco (sei que não é o certo a fazer) e ando nela, paro e ligo novamente sem problemas. mas se ficar mais de um dia parada, ao tentar ligar, a carga da bateria não é suficiente para virar o motor. até agora não fiz nada no intuito de resolver. tenho todas as revisões da yamaha e sempre cuidei muito bem da moto. o que pode ser esse problema? estou receoso de levar na concessionária, porque certamente levarei uma “facada” da yamaha. última vez, me cobraram $250 pelo interruptor de pedal que aciona o freio de trás da moto…depois vi que era um problema facilmente resolvido em casa. pode me ajudar?

    • Caro, a primeira coisa a fazer é se certificar de que a bateria está boa. Com um bom carregador, de preferência, aqueles microcontrolados, recarregue 100% da carga da bateria e teste novamente. A carga da bateria é a referencia para o módulo de injeção. Não cuidar da manutenção dela é pedir para ter problemas. Outro detalhe, também diretamente ligado a bateria é a existência de sistemas eletrônicos antifurto. Caso tenha alarme, rastreador, etc, isso pode estar consumindo a carga da sua bateria em demasia. Espero ter ajudado.

  10. Boa tarde gente eu queria saber se o módulo da remete de 2012 até dois 2014 e o mesmo me módulo está ruim ou se da fazer também da me ajudem😞😷🙏

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s