Ano novo,novos pensamentos!

2012 estradaOlá a todos, mais um ano que se encerra, e independente de ter sido um ano bom ou ruim, sempre nesses dias as pessoas começam a planejar e prometer um monte de coisas para o ano que está chegando, tirando todas as bobagens, eu quero saber o seguinte de você, querido leitor:

O que VOCÊ quer fazer em 2012 relacionado à motocicleta???

Pode ser comprar a sonhada primeira moto, trocar de moto,fazer uma grande, média ou até pequena viagem para conhecer um lugar bonito que você tanto ouve falar, comprar aquele acessório para a moto que deseja há tanto tempo, fazer um curso de pilotagem, comprar as roupas de segurança, enfim, deixe um recado contando suas metas em duas rodas para 2012, assim quem sabe a gente não motiva os menos inspirados a se mexerem, concorda?

curitiba 2011

Esse ano eu escolhi como destino a bela Curitiba para viajar de moto e fui, e você?

Eu já tenho uma meta relacionada à moto em 2012, se o mundo não acabar em dezembro, quero trocar a minha ilustre 150cc por uma Ténéré 250cc, caso até lá não tenham lançado nenhuma moto que me agrade mais nessa faixa de cilindrada, e quero viajar para Curitiba de moto novamente, viagem que acabei de fazer esse ano e gostei muito!

Desejo que 2012 seja um ano de muitos passeios de moto, e de mais harmonia no trânsito entre pedestres, ciclistas, motoqueiros, motoristas de carros, caminhões e ônibus. Afinal, se cada um fizer sua parte colaborando para um trânsito melhor, com certeza reduziremos os acidentes que tanto ouvimos nos noticiários,e como diz na velha canção:”Que tudo se realize, no ano que vai nascer…”

Que venha 2012! E não esqueça de deixar aqui um recado com as suas metas,ok?

Baita Abraço!

15 Respostas para “Ano novo,novos pensamentos!

  1. Nesse ano vó começar a ganhar dindin para comprar a tão sonhada YZF-R1 uebá espero que todos vocês consigam realizar suas metas!

  2. Este ano acho q vou na contra-mão do q a grande maioria dos motociclistas quer: pretendo fazer um down-grade vendendo minha Bandit 650 2010 pra pegar talvez uma XRE 300. O fato é que tenho andado pouco de moto e acho ruim ficar uma moto cara parada. Ora minha noiva não está de folga, ora eu que estou sem tempo… quando temos tempo a chuva não pára etc. Além do mais, a pavimentação da minha cidade (Vassouras/RJ) é ruim, por ser cidade histórica, e não dá pra ir trabalhar de Bandit. Já a XRE ou Tenere 250 são economicas e enfrentam os buracos e pistas ruins.
    Será que vou me arrepender?!
    Abraço a todos!

    • Olá Alberto,bem vindo ao blog!

      Você não é o único que pensa em trocar de moto por uma menor.Os gastos com manutenção da moto acabam pesando na vida de muita gente,e o “downgrade” acaba sendo uma solução talvez momentânea para não ficar distante do amor de passear de motocicleta.

      Pelo que você disse no comentário,creio que é você andará mais tranquilo com uma “on-off road” do que com a Bandit,ruas irregulares não são o melhor lugar para uma Bandit,alias uma belissima moto.Eu gosto muito da Ténéré,por ter para mim mais pontos positivos do que negativos se comparada a XRE…

      Se você se arrepender,depois compra uma Big Trail e tá tudo resolvido!Fique tranquilo! rs

      Grande Abraço!

  3. Meu objetivo para 2012 é trocar minha Fazer 250 por uma Comet GT 250, exatamente para ter mais motor para as viagens.
    Não sei se vai sobrar dinheiro para nestas férias viajar para conhecer as cidades históricas e turísticas do sul de Minas Gerais.
    Se não der em 2012, fica para 2013.
    E quando vier novamente para Curitiba, não esquece de avisar para a turma daqui fazer uma confraternização com você.
    Não sei se isso aconteceu na viagem anterior porque passei a ler seu blog depois do post do Daniel no Motos Blog.
    De qualquer modo, Feliz 2012. Que seus objetivos se realizem.

    • Olá Paulo,bem vindo ao blog então!

      Sobre sua futura troca,eu adoraria se a Kasinski/HYOSUNG tivesse um modelo similar a Ténéré 250 com esse motor da Comet,apesar de todos os problemas de pós venda da marca,eu compraria também,mas por enquanto tenho a Ténéré como “próximo degrau”…

      Sobre o seu passeio,é bem longa a viagem saindo de Curitiba,mas com um bom planejamento,que creio que tenha pela sua experiência será um belo passeio.Quando eu estava indo para Morretes pela Graciosa,encontrei um casal que vinha de São Lourenço-RS e estava indo para Parati-RJ de XRE300,achei muito legal,eles estavam muito empolgados,só vacilei de não ter pego algum contato deles para saber como foi depois…uma pena!

      Quando for a Curitiba,com certeza te aviso antes,tentei encontrar um amigo blogueiro dai,mas os horários não bateram,na próxima vai dar certo,ficarei muito feliz de bater um papo contigo nessa cidade tão bela!

      Grande Abraço!Feliz 2012!

    • Olá Cristiano,tudo bem?

      Eu acho que reparador de motos bom é uma espécie rara, mas digo isso baseado nas inumeras tentativas frustradas de tentar confiar minhas motos a alguém,por isso eu mesmo resolvi aprender e fazer os consertos e ajustes necessários.Se quer abrir a oficina, lembre se antes de estudar muito para conseguir fazer os reparos nas motos com qualidade,assim não lhe faltarão clientes,e quanto mais clientes satisfeitos,mais $$$.

      Eu também tenho vontade de montar uma oficina,mas penso em fazer o que chamam de “oficina fechada” aqui em SP,assim da menos dor de cabeça para o dono.

      Boa sorte!

  4. 2012 Eu e a Veinha + alguns casais de amigos vamos pra Foz do Iguaçu em Maio, já esta quase tudo preparado, agora dando um Talento na Motoka, época das Águas e pra isso mesmo, debulhar a Motoka toda pra uma revisão chic.
    Um 2012 de conquistas pra todos nós.
    Abçs

    • Olá Carlão,bem vindo ao blog!

      Eu sou louco para conhecer Foz do Iguaçu, porém,eu queria ir de moto também, e como ainda ando de 150cc, esse destino está fora dos planos, por enquanto…hehehe.Você mora próximo de Foz?

      Grande Abraço e que seja bem divertido o passeio!

      • Meu esconderijo é em Mogi Mirim região de Campinas/SP, tenho como hobby ou digamos uma 2ª profissão “nas horas vagas” trabalhar nas Motos Custom dos “Amigos”, então qdo eu digo “debulhar” é esparramar as peças mesmo kkk… Atualmente estou com 2 FatBoy no esconderijo, uma para desmontar, limpar e montar todo o sistema de freio traseiro e dianteiro e a outra para dar um talento do tipo lavagem e polimento.
        Possuo uma Shadow 600 ano 2000 já chegando na barreira dos 100mil/km e ao contrario de vc eu adoro um carburador kkkkkk …
        Abçs.

        • Legal Carlão,seu hobby é dos bons ein!?!Eu também me divirto passando horas “fuçando” ,mas só na minha moto…hehehe

          Sobre a moto,a minha já passou dos 100.000 km rodados e segue firme e forte,você ainda gosta do carburador porque além de ser muito mais fácil de “fuçar”,(eu penso isso) seu grande motor 600cc “compensa” os momentos onde o ajuste do carburador fica deficiente,que teoricamente a moto perde potência,como minha moto é 150cc,eu sinto essas diferenças muito mais rápido…no alto de uma serra,ela praticamente não anda!!!

          Grande Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s