Ponto de vista: Porque não compro uma NXR Bros 150

bros

Por enquanto, tenho duas motocicletas, uma 125cc, minha primeira motocicleta, e uma Titan 150cc, as duas da marca Honda, que são muitos boas na minha opinião, pois atendem minha necessidade atual de locomoção na cidade e tem manutenção com custo muito baixo, o que é ótimo, e facilita que o dono desse modelo de motocicleta mantenha a moto em bom estado, consequentemente, tendo mais segurança ao pilotar.

Eu sempre quis comprar uma motocicleta On/Off Road, e a mais próxima da minha, que eu confio na marca pela qualidade da mecânica praticamente inquebrável (afirmo isso baseado nas motos que tenho), seria a Honda NXR Bros 150,com injeção eletrônica.O vídeo abaixo mostra os detalhes desse modelo.

Porém, pesquisando sobre a tecnologia da moto, notei um detalhe que me deixou preocupado. A bomba de combustível não é instalada “in tank”, ou seja, dentro do tanque de combustível como a grande maioria das motocicletas e carros com injeção eletrônica. Ela é externa.

bomba de combustivel BrosBomba de combustível da Honda Bros

Mas você deve estar se perguntando: Qual o problema nisso?A Honda é ótima, e blá blá blá.Calma,eu também acho, porém nesse caso especifico acho que a engenharia errou. Antes de explicar melhor, veja esse vídeo de um dono de uma Bros com injeção eletrônica. Veja a que ponto chegou a frustração dele com a moto,mas preste atenção no que ele fala.

Qual o motivo de queimar tanta bomba de combustível dessa moto?

Na minha opinião, é simples. A bomba de combustível tem internamente um motor elétrico, que gera a pressão necessária e estipulada pela engenharia para conduzir o combustível até o injetor, e garantir que o mesmo seja injetado com pressão no cilindro,mas uma melhor formação da mistura ar combustível. Esse motor, como qualquer motor elétrico, aquece quando usado por algum tempo, e precisa de refrigeração, e o que refrigera a bomba para manter a temperatura adequada de uso?O próprio combustível, por isso que em um belo dia um bom engenheiro resolveu montar a bomba dentro do tanque, com isso ele “matou” o problema de defeito na bomba por aquecimento excessivo.

E porque ela para quando está quente, e se deixar esfriar ela funciona novamente?É que quando aquece, começa a gerar resistência no enrolamento de cobre do motor, fazendo com que perca “força”. Assim a energia aplicada, no caso 12 v, não consegue manter o circuito operante, seria necessário aumentar a tensão de alimentação da bomba para compensar o aumento de resistência elétrica no enrolamento do motor causado pelo aumento de temperatura da bomba em funcionamento.

 localização da bomba bros

Bomba de combustível,visualisada pela lateral da motocicleta.

localização da bomba vista por baixoBomba da Bros, visualizada por baixo da motocicleta.

Mas como assim?!Só a Bros tem esse problema?

Não, outras motos têm também, porém na Bros, devido a esse erro de projeto, o numero de motos com problema é bem superior as outras, inclusive a própria Titan Mix, que tem o mesmo motor, porém com a bomba imersa no tanque. Segundo um amigo que trabalha no Piauí, a cada 10 motos que chegam à sua oficina com problema de bomba, 8 são Bros e 2 Titan Mix.

Bomba de combustível da Bros com defeito

Nos outros casos, temos mais causas além do arrefecimento ineficiente, ou inexistente no caso da Bros, o combustível adulterado é fatal,e o uso do etanol também prejudica, reduzindo a vida útil da bomba, mesmo que a Honda diga que não. Aliás, a Honda colocou um segundo filtro de combustível nos motores MIX para tentar dar conta de filtrar as impurezas do etanol, (não sei se na Bros também tem, se alguém souber, por favor, me avise ok?) para evitar danos no eletroinjetor, porém, antes dos filtros e do injetor, essa sujeira toda passou do tanque pela….bomba de combustível.

Solução para o problema do excesso de impurezas no etanol?Tente comprar o etanol aditivado. Não resolve, mas ameniza o problema das impurezas.

etanol

Lembre se de tentar abastecer sempre no mesmo posto,pois assim quando acontecer um problema na moto e você, auxiliado pelo reparador, detectar que a causa do dano na bomba foi combustível adulterado, denuncie o posto!

Você já teve ou tem um Bros com injeção eletrônica?Teve problemas de funcionamento da bomba?Deixe seu recado e vamos debater sobre esse problema,ok?

Shalom

About these ads

350 Respostas para “Ponto de vista: Porque não compro uma NXR Bros 150

  1. olá!! achei o seu blog pelo MotosBlog…
    parabens pelo trabalho!!!

    eu já tive uma Bros 150 2009…a promeira com IE…
    nunca tive problemas com a bomba de combustivel…e a moto é muito confortavel, macia e facil de pilotar…
    porem, fiquei com ela por apenas 5600km…pois gosto muito de viajar por rodovias, e a Bros apesar dos beneficios on/off, nao me passou segurança em auto estradas…

    talvez possa ser por isso que nao tive problemas…nao deu tempo…

    flw

    • Olá Mike,bem vindo ao blog!

      O Daniel é foda…quase me mata do coração…hehehe

      Sobre a Bros….é muito provavel que seja porque não “forçou” a moto,se andar de boa,não irá dar problema,mas por exemplo,hoje estou em Curitiba de férias,e vim de sampa com a minha titan 150 carburada….imagina se não forcei ela …

      Abraço!

    • tenho uma bross 2009 e quando ela aquece comeca a cortar, mas agora sei o problema e vou consertar, obbrigado.

      • Caro Davi, atente-se a vela de ignição, pois essa falha apresentou na minha e era a vela e não a bomba!

    • Ola,eu tenho uma NXR BROS 2012/2012,e hoje em uma viahem de 130 km ela começou a perder força e ai fui descobrir que era a bomba,pois um amigo meu já tem uma bros desde 2010 e tem esse problema,no meu caso dei sorte porque ela esta na garantia,e vamos ver espero que a Honda resolva isso..

    • comprei uma broz 2009 e começou apresentar problemas, pois depois que vc anda uns 40 KM direto, ela aquece e começa a cortar, vc acelera e ela corta, tem que desligar e esperar um pouco depois funciona normalmente, levei em um mecanico na minha cidade e ele não resolveu, não sei mais o que faço

        • Seu problema é simples de resolver.
          Primeiro você deve vender sua Bros .
          Segundo compre uma Yamaha XTZ 125 ou 150 que é lançamento e seja feliz para sempre ou enquanto você ainda tiver a moto .

          • tenho uma bros 2011 e ela é muito fóda viajo sempre e nunca tive problema, lamento pelos os outros que nao teve a mesma sorte abrçs!!!!!!!!!!!!!!!

          • Tenho uma desde 2009, e nunca tive problemas. Ja tem 35 mil rodados e as únicas coisas que quebraram foram: o cabo velocímetro, acelerador e a lâmpada do farol. Eu acho que a galera está andando muito na reserva. Eu raramente deixo tocar o indicador do combustível no vermelho. Acho q deve ser isso que evitar os problemas. A cada 8 mil km eu troco o filtro do combustível é fácil….

        • Eu saí para viajar com a minha.. Acelerador sempre trancado, saí as 7:30 de casa e parei as 23;45. Parava a cada hora uns 5 minutos para esticar as pernas e voltava. Rodei exatamente 997 km neste dia e a moto não apresentou nenhum problema. Ela tem 29000 km e nenhum sinal de problema até hoje.

  2. Tive uma Bros 2009. Ela chegou a apagar algumas vezes comigo, mas não saberia dizer o motivo, pois não descobri até hoje.
    Suspeito que possa ter sido mau contato na vela de ignição.
    Quanto à problemas com bomba de injeção, nunca tive nenhum. Ainda bem!
    Hoje não a possuo mais.
    Estou querendo comprar outra moto, porém, acho que não arriscaria me decepcionar com outra Honda.

    • Olá Aderpa,bem vindo ao Blog!

      Mau contato na vela de ignição,só se você deixava ela tomando chuva direto,mas é muito dificil…sobre o problema na bomba,creio que só se voce usar ela bastante,sem forçar o motor,não deve estragar a bomba…

      Eu queria a XRE,mas depois de ver que a bomba é a mesma da Bros,externa também…vou atrás da Ténéré 250cc…depois monto o kit 300cc e tá tudo certo…hehehe

      Abraço!

      • Olá Marcelo,
        Gostaria de dizer que achei seu blog através da indicação do Motos Blog.
        Eu pensava em comprar uma XRE, mas depois de tantos relatos em foruns sobre vazamentos de óleo nas motos CB300, XRE, Twister e até a minha antiga Bros chegou a vezar… que desisti de comprar Honda. Quero agora é uma XTZ 250 Ténéré.
        Uma dica para todos: As revistas sobre motos são muito benevolentes com os produtos avaliados. Nunca falam mau do que realmente merece. É sempre a mesma estória que pelo custo/benefício, a tal moto compensa.
        O melhor caminho para escolher motos são os blogs e foruns.

        • Olá Aderpa,bem vindo ao blog!

          Concordo com seu racíocinio em tudo,também tenho a Ténéré como próxima moto a comprar,depois de muito pesquisar todas as opções do mercado.

          E sobre as revistas especializadas,infelizmente isso acontece,mas alguns editores tentam passar informações mais relevantes para o leitor,mas apenas em pequenas reportagens.Se eles arrebentarem na critica uma determinada motocicleta recém lançada,com certeza a intolerante montadora desse irá “complicar” a vida dos jornalistas para a liberação das próximas motos para reportagem,e a revista vive disso.No final é tudo politica,uma pena!

          Grande Abraço e espero que continue acompanhando o blog,e participando também!

        • Boa tarde….

          parabens pelo blog!!!
          gostaria de saber como identificar se a bomba de gasolina esta com defeito , pois tenho uma bross 150 /2009 e depois da revisao que fiz ela começou a apresentar as falhas quando esquenta mas começou somente depois que foi feita a limpeza na ingeçao eletronica. o problema taria na bomba ou na I.E. e todas a bross tem essa problema?? .. um abraço

          • Olá Jonair, vou ser direto e reto no meu comentário. Se está em dúvida sobre a bomba, leve a moto em um reparador competente e que tenha as ferramentas para reparar injeção eletrônica. Peça para que ele verifique se a pressão de trabalho da bomba de combustível está OK. Com a ferramenta adequada, e com as informações do manual de serviço da sua moto (que ele tem que ter) ele te dará o correto diagnóstico sobre sua moto.

            Ah, e como eu já disse, não, não são todas as Bros que apresentam esse problema.

            Abraço

      • boa noite tenho uma bros 2009 tive este mesmo problema quando comprei.vou te explicar o problema primeira mente a bomba de injeçao fica submersa ao combustivel ela fica dentro de um recipiente de mais ou menos 150 ml entao quando utilizando a moto em prefeito estado impossivel o aquecimento da bomba devido a circulaçao do combustivel na linha de injeçao. o aquecimento na bomba ocorre sim, devido o combustivel de ma qualidade que danifica o filtro de gasolina que quase niguem troca e ocorre que todas bombas de combustivel tabem tem um filtro inclusive a bros.este filtro entope com mas facilidade e quando entupido diminui a passagem de combustivel aumentando e esforço excessivo do motor eletrico fazendo com que desligue por segurança para nao queimar o motor eletrico. entao para que nao ocorra este incidente vcs devem trocar o filtro de gasolina no minimo com uns 8000 km e colocar gasolina de boa procedencia. e para queles que ainda nao queimou a bomba e so desliga depois de um tempo e so tirar o filtro que se localiza na bomba que a moto volta ficar boa e um trampo um pouco chato mas vale apena fiz na minha com 29000 km e hoje a moto esta com 60.000 ela ta file e continuo fazendo para os amigos que compram bros ate antes de dar pau para nao perde a bomba.obs a moto pode tar com baixa km mas se o combustivel tiver zuado vai dar pau na bomba.meu nome e sergio descupem os erros de portugues kkk

  3. Parabéns pelo blog, os textos são bem interessantes. Tenho um Hornet 2009 e penso em comprar uma XRE para algumas viagens por caminhos não adequados para uma Hornet, mas após ler o seu texto vou examinar mais o assunto.

    • Olá Francisco,tudo bem?Bem vindo ao blog!

      A Hornet é um grande projeto da Honda,na versão injetada,desde 2008,não consigo encontrar nenhum ponto negativo do sistema de alimentação e de arrefecimento do motor,porém o caso da Bros é igual ao da XRE,e como você quer justamente para viajar,PODERÁ ter esse problema,pois o motor será usado praticamente no limite,então por isso eu também tirei a XRE da minha lista,que por enquanto tem a Teneré 250cc como próxima moto.Motor é o mesmo desde 2006,e com excessão da adição da estratégia de controle em malha fechada em 2009,para se adequar aos limites de emissão de poluentes do PROMOT 3,a injeção é a mesma também,então o que tinha de defeito de projeto,já foi tudo corrigido.

      Dizem sobre a XRE 300,que usa o mesmo motor da CB300,que o motor e praticamente o mesmo antigo usado na Twister e Tornado,só que com a injeção eletronica e com o cilindro aumentado em 50cc,a parte debaixo do motor é a mesma do motor antigo,por isso trás alguns defeitos como o barulho da corrente de comando e vazamento da junta do cabeçote.Eu ainda não comparei os numeros das peças do motor da Tornado e XRE para ter certeza que isso é verdade,mas vale a pena você pesquisar,ok?

      Grande Abraço!

  4. Legal disponibilizar seus conhecimentos para que outras usuários de motos fiquem atentos aos prós e contras de cada marca e modelo. Se eu tivesse o que compartilhar sobre o assunto faria com prazer. Então por isso, PARABÉNS pelo blog.

    • Olá Welington,bem vindo ao blog!

      O meu pensamento é simples,como já fui enganado muitas vezes por acreditar em vendedores que não sabem nada e ficar no prejuízo depois,resolvi começar a expor minhas opiniões sobre os produtos disponíveis no mercado baseado no meu conhecimento,para que outras pessoas também não tenham dor de cabeça,o que é muito chato!A moto tem que trazer alegrias e não stress…

      Grande Abraço!

      • que bakana amigo adorei saber que Deus pode usar pessoas não só em igrejas,templos religiosos.Mas tbm na internet através de blogs informativos e esclarecedores como o seu amigo.Que Jesus te abençõe pelas informações virei seu seguidor admirei seu trabalho continue contribuindo com todos isso alegra o coração se Deus.(o criador)

  5. Marcelo, parabéns pelo blog!
    Veja bem, tive uma bros 2009 com ie, e algumas vezes tive problema com ela simplesmente apagando do nada.
    Dá para evitar este problema? Sim.
    Eu pelo menos resolvi usando exclusivamente a gasolina V-Power da Shell e nunca rodando com a moto na reserva para não correr o risco de ficar sem gasolina e queimar a bomba. Com a V-Power a moto nunca apagou. Nas poucas vezes que precisei utilizar outra gasolina percebi que a moto ameaçava morrer as vezes do nada.
    A vendi muito bem para outra pessoa com 12000km exatos e confesso que fui feliz com ela. Sofri um tombo e beijei a bunda de um carro sem a moto sofrer nenhum dano (só arranhei o paralama dianteiro), ela é muito resistente mesmo.

    Em seguida veja só, comprei a XRE :) e seguindo as mesmas regras, estou com ela já com 5000km e nenhum problema na bomba.
    Tanto na XRE quanto na Bros, eu serei sincero, usei de muita brutalidade com elas, pois ando muito em rodovias e anéis rodoviários, então sobra espaço para esticar o motor.
    Na XRE só me preocupa o problema do vazamento que não ocorreu na minha, mas como comprei com dois anos de garantia não vou ficar esquentando a cabeça demais com isto.

    Mais uma vez parabéns!

    • Olá Tony,bem vindo ao blog e agradeço pelos elogios!Isso me motiva a continuar gerando conteúdo diferenciado sobre motos.

      Sobre os seus cuidados com a moto,está certíssimo, combustível aditivado e manter o nivel de combustível longe da reserva ajuda a “agredir” menos a bomba de combustível,aumentando sua durabilidade,porém,no caso da Bros e XRE apenas irá prejudicar o funcionamento da moto se deixar acabar o combustível,mas não é certo que irá queimar na primeira vez que der “pane seca”,existe um desgaste excessivo nessa condição,devido a falta de refrigeração gerada pelo próprio combustível,ocorre um aquecimento excessivo,então a probabilidade é maior,pois a bomba é externa,e a quantidade de combustível no encapsulamento onde fica a bomba mantém apenas uma pequena quantidade de combustível,prejudicando o arrefecimento do motor elétrico da bomba.

      Sobre as km citadas,eu acho que são baixas,mesmo tendo usado de forma extrema,penso que esses problemas devem aparecer a partir de 25 ou 30 mil km rodados,quando o problema de refrigeração ineficiente é somado ao desgaste natural do motor elétrico da bomba.Como eu disse,eu não tenho essas motos,estou me baseando em pesquisas que realizei e treinamentos de injeção eletrônica que participei,se fossem todas as motos que apresentassem esse problema,seria feito um recall,o que não ocorreu.Ainda bem né!

      Grande Abraço

      • Opa, Tenho uma broz 2010 e tem mais de 60mil km. Sendo que quase todo domingo vou pro sitio nela o que é uns 42km. Com punho em baixo sem pena sempre segurando nos 100km/h até 120km/h. Nunca deu problema na bomba, mais tambem nunca botei alcool nela. Excelente moto, e economica na cidade, agora na rodovia ela até que bebe mesmo. Mais vale a pena.

  6. Muito boa tarde Marcelo eu também encontrei seu blog através do motos blogs e estou gostando muito parabéns.
    Bom com relação a bombas pressurizadores das Braz e XRE, com toda certeza foi mesmo um erro de projetos, aja visto que tanto em carros quanto em motos há uma recomendação para as bombas “in tank” que não fiquem muito tempo com tank de combustível na reserva, pois como você mesmo disse os combustíveis são os próprios refrigerantes para o motor da bomba que se aquece.
    Sou mecânico e com certeza só posso confirmar que a cada 10 motos que chegam com problemas de bombas de combustível 70% são Braz

  7. Olá Marcelo, parabéns pelo blog, vim parar aqui por recomendação do Daniel Ribeiro (Motosblog), já estou lendo de cabo a rabo todo os post antigos do seu blog, muitíssimo interessante…
    Um grande abraço…

    Ah..saudações andreenses, afinal eu também sou de Santo André, nascido no famoso Bartira (bartirão) e morador de Utinga.
    Té mais, um abraço

    Eduardo

    • Olá Eduardo,bem vindo ao blog!

      Agradeço pelos elogios,isso me motiva a continuar e tentar sempre melhorar a qualidade do conteúdo.

      Legal,eu andei muito de skate nos arredores do Bartira,tinha bons amigos na rua que fica atrás do Bartira! Você é praticamente meu vizinho…hehehe

      Vamos manter contato Eduardo,sempre tento dar um passeio com a moto para a praia por exemplo,ai se estiver afim,será bem vindo!

      Baita Abraço!

  8. Olá Marcelo, conheci seu blog pelo MotosBlog, parabéns pelo blog ele é ótimo, tive uma bros e nunca tive nenhum problema, agora estou a procura de outra moto e ainda to na dúvida entre a Comet GTR e a CB300, mas acho que vou de cb300 pq vou vendê-la no prazo máximo de 1 ano e meio, aí já se viu, para perder pouco é honda, depois penso na gtr novamente, se vc tiver algum assunto relacionado sobre as duas por favor me indique que quero saber sobre a real qualidade das duas. Mais uma vez parabéns

    • Olá William,bem vindo ao blog,agradeço pelos elogios,eles viram motivação para buscar sempre melhorar a qualidade dos textos.

      Sobre a Bros,esse problema só aparecerá após algum tempo de uso,e se a moto for usada em condições extremas como por exemplo uma longa viagem com a moto carregada, sem paradas periódicas em um dia quente e sem vento.Se só for de casa ao trabalho em curtas distâncias,nunca dará problema de aquecimento do enrolamento da bomba.

      Sobre sua dúvida,e pelo que já adiantou que irá fazer com ela,eu compraria a CB300r,porém se pudesse escolher outra,compraria a Fazer.O motor da CB300 “herdou” alguns defeitos do motor 250cc da Twister,e a injeção da Kasinski PODERIA ser melhor projetada.

      Aqui no blog tem o manual da comet 250 injetada,baixe o manual para conhecer melhor a moto,talvez ajude na sua decisão.No motosblog você encontrará o da CB300 e da Fazer.

      Espero ter ajudado.Depois me diga o que decidiu,ok?

      Grande Abraço William!

  9. oi aqui no rj já vi algumas bros com este problema porem existe algumas oficinas q instalam a bomba dentro do tanque meio q uma gambiatech!

    • Olá Igor,agradeço pela sua participação no blog!

      Quando penso em motocicleta,penso em riscos e penso na segurança que a motocicleta deve trazer para o piloto.Adaptações PODEM ser muito perigosas,ainda mais quando falamos de adaptações em partes da moto que estejam em contato com o combustível.Eu não faria,acho mais fácil comprar outra moto.

      Mas se eles fazem direitinho podiam dar uma aula para a Honda,porque a bomba do jeito que foi projetada indica que eles estão precisando de aprender um pouco mais….pelo menos nesse caso.rs

      Se você conseguir alguma foto disso,ou pelo menos o contato dessa oficina,mande para mim,fiquei curioso com isso!

      Grande Abraço

  10. Só não entendi porque que no começo do texto “a Honda é ótima e blá blá blá”, e depois “na Bros, devido a esse erro de projeto”. Pô, se ela fosse ótima, não haveria “erro de projeto”!

    Não há erro de projeto. Simplesmente a Bros é uma moto de projeto antigo, feito as pressas após o lançamento da XTZ 125 da Yamaha, no qual a honda aproveito os componentes que tinha a disposição, ou seja, pegou partes de outros projetos mais antigos, juntou com algumas coisas novas e daí surgiu a Bros. O problema é que lá atrás não se pensava em por injeção nas motos de baixa cilindrada, por isso teve que ser feita uma adaptação (gambiarra) para poder encaixar uma bomba nesse tanque, que é muito pequeno, como em quase toda moto trail.

    Outra coisa que eu não concordo de jeito nenhum é quando você diz “marca pela qualidade da mecânica praticamente inquebrável”. Isso não é verdade, pois se fosse, não existiriam lojas de motopeças! A verdade é que as motos honda quebram como qualquer outra moto, desde que não seja chinesa, é claro!

    • Olá Alexandre,agradeço pela sua participação.

      Vamos as minhas explicações sobre seus questionamentos…quando afirmo que “a Honda é ótima e blá blá blá”,digo isso baseado nas vendas,pois a Honda tem números de venda absurdos em relação aos concorrentes,o que leva a crer que a marca fabrica motocicletas de qualidade,senão,qual a justificativa desses números? Quando falo “na Bros,devido a esse erro de projeto”,estou afirmando que falhas na bomba de combustível não são exclusividade desse modelo,mas que esse erro(na minha opinião é um erro) de usar a bomba externa faz com que mais casos de bomba queimada ocorram na Bros e Xre300.

      Discordo da sua afirmação de que a Bros é um projeto antigo,pelo menos quando falamos do sistema de alimentação injetado dela,que é o foco desse texto,aqui não falo nada da mecânica.A menos que você me informe de quais motos “pegou partes de projetos mais antigos”,eu tenho que discordar de você…ela divide o sistema de injeção com a Titan 150,ambos lançados em 2009.

      Também terei que discordar quando você afirma que “não existiriam lojas de motopeça se a moto fosse inquebrável”.Creio que você entendeu errado meu pensamento.Nas minhas motocicletas,eu faço sempre a manutenção preventiva(troco peças antes de quebrar,seguindo o manual de serviços),e não a corretiva,que é mais $$$ para as motopeças e concessionárias.Não sei até onde vai seu conhecimento,mas quando uma motocicleta quebra,duas são as principais razões.a 1ª é a falta de manutenção preventiva e a 2ª é a falta de qualidade da motocicleta,que mesmo com revisões em dia,quebra e deixa você na rua.Nessas duas razões,não se enquadram MINHAS motos Honda.Qualquer moto quebra,se não for cuidada.Sem cuidados até BMW quebra!Por isso que eu afirmei que“marca pela qualidade mecânica praticamente inquebrável”.

      Espero ter esclarecido meu ponto de vista sobre seus questionamentos.

      Baita Abraço

  11. Tenho uma bros 2009,ja troquei a bomba uma vez,depois dela me deixar na mão numa pequena viajem,começou a dar o mesmo problema,depois de cinco mil quilometros rodados com a nova bomba,nunca andei na reserva.

    • Roberto,fico grato pela sua participação no blog! =D

      Só queria saber de que região do país você é? Dizem que no nordeste,pelo calor absurdo,esses problemas ocorrem com maior frequência…

      Boa sorte com a motoca!

      • ae marcelo eu tenho uma 2009 e moro em uma regiao quente de sp marilia a minha moto nao anda mais de 50minitos na rodovia e já comeca a cortar combustivel.mas isso só comecou depois que eu fiz o motor dela, e apesar de ter colocado tudo original (menos o pistao metal leve)e nao ter retificado nada ela ficou com esse defeito q da dor de cabeeca.As vezes tenho que ficar mais de 1/2 hora sentado na beira da pista até ela esfriar.Da uma solucao ai….

        • Olá Alberto,

          Complicado dizer sem ver sua moto. Vou passar algumas toques para você ver ai, que TALVEZ ajudem.

          Use o óleo semissintético, aquele genuíno Honda, e dependendo de quantos km já tem sua moto, limpe o filtro centrifugo do óleo, para acessar ele, terá que abrir a lateral do motor. Para isso, mande numa oficina.
          Troque o filtro de combustível, se for flex já, troque os DOIS filtros de combustível que a versão flex tem.
          Se a moto tem alarme, verifique a ligação feita para ver se não é ele que está com defeito, e gerando essa falha.
          Use sempre gasolina aditivada e sempre abasteça no mesmo posto e na mesma bomba. assim, caso veja que a moto está “estranha” e isso for combustível adulterado, já saberá a quem reclamar.
          Verifique bobina de ignição,cabo de ignição, terminal supressor ( aquela peça que encaixa na vela) e vela de ignição. Avaria no sistema de ignição pode gerar isolação e fazer a moto morrer quando quente. Já aconteceu isso com uma titan que eu tenho. Troquei bobina, cabo e terminal supressor, e resolveu.

          Seguindo isso, creio que irá melhorar sua situação, caso não melhore, terá que abrir novamente o motor, pois algo está errado na montagem.

          Abraço

  12. bom comprei uma bros 2010 e com 8 meses ela queimou a bonba ,fiquei a pé tive que me virar para levar a bendita ate a concecionaria , entrei para a garantia e trocaram a bomba apos 15 dias, passaram-se 6 meses e adivinha queimou denovo so que agora eu tive que pagar 465,00 da bomba +mao de obra total da brincadeira 565,00 reais sendo que eu nao deixo chegar nem na reserva e ja abasteço e sempre boto gasolina e alcool na proporçao indicada estou decepicionado com essa verçao comprei pençando em economia e so to tendo dor de cabeça!!!!

    • Olá Abelardo,fico grato pela sua colaboração,expondo o que ocorreu com a sua motocicleta.É realmente uma pena uma marca tão grande como a Honda cometer um erro assim,por isso precisamos sempre pesquisar antes sobre um modelo que queremos comprar,para evitar dor de cabeça.

      Eu rodo muito com a minha Titan 150 carburada,fui até Curitiba 2x,fico pensando se estou andando e queima a bomba e fico no meio da estrada a deriva,eu ia ficar maluco de raiva!

      Grande Abraço e espero que esteja sempre colaborando aqui no blog com suas experiências em 2 rodas,ok?

      • gostaria de saber se a bros 2013 virá com este mesmo erro,estou pagando um consórcio,ja fui contemplado mas não quis pegar na sua opinião bros150,titãn150 ou bros125 tambem 2013 carburada? obrigado e parabéns pelos esclarecimentos!klayton

        • Olá Klayton, nos comentários publicados nesse post, alguns leitores comentaram sobre a mudança na bomba, que agora possui carcaça de plastico, mas sinceramente, não sei dizer se essa tal melhoria resolve. Lembrando que muita gente disse aqui mesmo que nunca teve problemas com sua Bros 150. Entre as opções citadas, eu ficaria com a Titan 150, apesar das características on/off road me fascinarem muito mais. A 125 é muito fraca para quem usa para tudo, como eu, e a 150 é uma verdadeira incógnita. Recomendo que faça uma boa pesquisa, se possível test-ride nas 3, mas já te lembro que você também tem a opção de resgatar o valor do consórcio em dinheiro, ai pode comprar qualquer moto de outras marcas. Pesquise bastante e faça uma boa escolha. Abraço!

    • amigo,só para eu entender,você estava pagando por alguma garantia? ou é garantia de fábrica mesmo?a sua moto era revisada de acordo com as especificações da ronda?

  13. Olá Marcelo, cheguei ao seu blog acidentalmente tentando no google encontrar uma resposta para o valor de manutenção de uma Bros. Eu estou tirando carteira agora, e nunca tive uma moto, moro na Bahia. Eu sei que é chato o que vou lhe perguntar, mas se puder responder fico agradecido.

    Estou querendo comprar uma moto, meu salário é de quase R$700, de início queria uma Biz EX, ouvi que consome pouco e tem manutenção barata, porém meu colega tinha uma XTZ e era confortável (não sentir os buracos é bom) mas ouvi dizer que a manutenção da Yamaha é cara e com esse salário pagar prestação (uns R$250) e ainda ter que pagar manutenção cara (que não faço ideia, mas se passar de R$400 tchau salário) pensei em uma Bros que dizem ter manutenção mais barata e é muito boa. Só que com a dica que com a dica que você acabou de dar, já estou pensando em desistir e voltando para a Biz.

    Tenho um certo apreço, infundado reconheço, por Honda, tanto que nem pesquisei nada da Yamaha, aqui na minha cidade o atendimento da concessionária Yamaha tem fama de ser péssimo.

    Não considerei a Titan porque se for para ter uma moto, já que a Biz é motoneta rs, que fosse logo uma Bros. Por gosto pessoal (e visual, igual mulher rsrs) só considerei a Biz ou a Brós.

    Eu só vou de casa para o trabalho e de casa para a igreja tudo a cerca de 10 minutos motorizado (com exceção de uma vez na semana onde eu vou à noite para um bairro distante 7 km)

    Você pode responder ao leigo total rs aqui só umas perguntas, se puder responder. Se não puder tudo bem já estou de aviso da Bros:

    #Quanto é e qual a periodicidade da manutenção de uma Bros e uma Biz, ambas completas? Como sou sem noção só sei de Troca de Óleo e Filtros, ainda assim não tenho noção do custo. Se puder me fala quais são as coisas que tenho que me acostumar a trocar, assim vou procurando os valores na internet e juntando tudo para saber mais ou menos o gasto.

    #Você indicaria uma outra moto? Estou completamente aberto a sugestões, afinal sou realmente sem noção. Para o meu salário acima quais você acha que eu conseguiria bancar a manutenção sem me afogar?

    Desde já independente de sua resposta ou não, Obrigado pela atenção.

    • Olá Maikon,
      Meu nome é Willian, li seu artigo e gostaria de deixar a minha opinião sobre o assunto.
      Já passei por isso também, não entendia de motos e queria comprar uma que fosse economica e não iria muinto em oficina, pensei nas mesmas que você e na CG, como meus amigos já tinham CG e me falaram muito bem dela opitei por ela, nunca tive nenhum problema, apenas pneu com 8000km, 12000km (traseiro e depois dianteiro) e as trocas de óleo e revisões que tudo aqui na cidade de Ipiaú na Bahia fica em 45reais, logo depois comprei um Brós, também não tive nenhum problema com ela, é uma moto muito boa, fiquei pouco tempo, ela é muito boa para estradas de chão, mas sou realista com você entre as duas ficaria com a CG pois na hora da revenda a Bros me deu um pouco de dor de cabeça, se vc opitar pela Biz saiba que será pior ainda pois pelo menos nas regiões onde morei elas não são muito comercial e outra coisa se vc precisar pegar estrada a CG mesmo que não seja ideal para isso dá conta do recado e é bem confortavel na cidade e faz curvas muito bem a minha CG fazia até 33KM/L.
      A manutenção destas motos na autorizada são de 4000 em 4000KM e eu trocava o óleo delas com 1000Km (mais por zelo) 15 reais o óleo.
      O seu custo com estas motos será de acordo com seu uso, se rodar pouco irá gastar pouco mas se vc for contagiado pelo vírus de duas rodas como eu fui, rapidinho vc vai querer viajar e trocando por motos maiores eu to comprando uma CB300 e já to pensando em 2 anos no máximo na Hornet.
      Boa sorte em sua escolha.

      • Olá William,tudo bem contigo?

        Agradeço pela participação no blog com a sua experiência,na situação do amigo Maikon também só posso indicar uma cg titan,150 ou 125,vai atender a necessidade atual dele,sendo a primeira moto,devido a durabilidade dela e ao baixo custo para manter ela em condições seguras de uso.

        Grande Abraço!

      • Willian

        Muito Obrigado pela resposta! Bom saber que não fui só eu que fique na dúvida. Pelo seu relato assim como a dica do Marcelo devo procurar uma Titan mesmo, e bom saber que ela é econômica na manutenção. O vírus das duas rodas está passando de um amigo meu para mim, que já está vendendo o carro para comprar uma moto novamente, ainda assim vou começar pela Titanzinha. Muito Obrigado!

        Abraço

    • Olá Maikon,tudo bem contigo?Seja bem vindo ao blog!

      Vou tentar ser o mais objetivo possível,pois você colocou muitas questões em aberto sobre sua futura moto.Você citou como opções a Biz e a Bros,você tem a intenção de comprar a moto nova ou pode ser usada mesmo?

      Eu vou te sugerir como primeira moto,que compre uma titan 150 carburada(até 2008).É uma boa moto,por ser usada tem o preço bem mais em conta que as novas 0km com injeção eletrônica….se ainda assim tiver complicação,compre uma titan 125,pode ser a Fan 125…é uma moto simples mas atende tranquilamente o uso dentro das cidades.Fique um tempo com ela,após acostumar com a pilotagem,ai veja se consegue comprar outra melhor…

      Sobre o conforto da xtz125,todas as on/off road são mais confortáveis que as city,porém,são mais caras em tudo…

      Abraço e espero ter ajudado.

      • Marcelo,

        Muitíssimo obrigado pela resposta e pelas dicas! Vou levá-las em consideração em minha escolha com toda a certeza. Vou dar uma olhada nas revendedoras aqui da minha cidade se não conseguir encontrar uma boa moto Titan usada, devo comprar uma Fan nova, ou uma Titan nova. De fato já peguei numa xtz 125 uma vez e mal consegui pilotar, é melhor eu começar por uma mais simples. Obrigado pelo esclarecimento e pela atenção. Estarei sempre de olho nas suas dicas aqui no blog.

        Abraço!

        • Maikon,fico feliz em poder ajudar,só um detalhe,eu não recomendo nem para meus inimigos comprar a fan 125 nova,pois com 1000 reais a mais você pode comprar uma moto muito,mas muito melhor que é a fan 150(se comparara ela com a 125cc)…acho incrível como essa moto vende tanto ainda…só posso acreditar que é falta de visão de quem está comprando,talvez afobação de sair pilotando logo…a diferença é muito pouca pela grande diferença de tecnologia entre elas…se for pegar nova,não pegue a fan 125…e se for pegar usada,e for 125cc,sugiro que não pegue a fan carburada,procure uma cg titan 125,de 2001 até 2004,você achará ela com indicador de nível de combustível(que acho importante) e com partida e freio a disco(se for o modelo completo) por um preço menor que a Fan 125,que foi produzida até o final de 2008,que não vem com praticamente nada…mas se puder,pegue uma titan 150 carburada,e fique feliz por alguns anos…eu tenho uma cg titan 125 ano 97,minha primeira moto, que não deixa eu na mão nunca,e uma titan 150 2006 que já me levou para muitos lugares e ainda tem motor para muitos quilometros a mais(hoje ela está com 105.000 km e está perfeita).Comprei as 2 com as mesmas dificuldades financeiras que você citou no seu comentário,e consigo manter as duas com documentação e manutenção sempre em dia,graças a Deus!

          Sobre a sua procura das motos usadas,sugiro que leve um amigo que já anda de moto,ou que conserta motos a algum tempo,pois ele saberá ver melhor se as motos a venda nas lojas de usados estão boas ou não,assim você evita dor de cabeça em um momento tão especial que é a compra do primeiro veiculo,ainda mais sendo uma motocicleta.Te desejo sorte,e espero que volte sempre ao blog com duvidas,sugestões ou reclamações,saiba que será sempre bem vindo aqui.

          Baita abraço!

  14. Boa Tarde Maikon,
    fico feliz em ter ajudado, gostaria de deixar outra observação,
    se vc for comprar nova lembre-se de tentar ganhar o emplacamento, isto vai te levar um muncado de seu precioso dinheirinho, se não conseguir inclua o preço da placa, despachante, Licenciamento, IPVA e o vilão das motos o seguro obrigatório que deve estar em torno de 270reais, caso vc compre usada vc terá o custo apenas da transferência, mas verifique se a documentação já está 2012, caso contrário sobrará para vc pagar toda ela para transferir, o Marcelo tem toda a razào na escolha da moto tente ir de CG150, anda mais na revenda é mais fácil, é econômica e para mim foi a melhor que tive (Titan ES 150 ano 2008), pesquise bem antes de comprar e siga a dica do Marcelo, como vc não entendi de moto leve algum conhecido para te ajudar.
    Abraços

  15. Olá Marcelo.

    Obrigado novamente pelas dicas. Eu vou procurar usada, com as características que você me indicou, mas minha cidade não é tão grande e não tem muitas revendas de moto, pode ser que não encontre, então se eu for comprar nova, vou seguir suas dicas também, e fico feliz em saber que você rodou tanto! Já lí nos comentários que você troca as peças, não quando quebram, e sim quando chega o prazo da vida útil. Ótima dica! Vou seguir à risca! Se eu conseguir comprar usada, meu primo já me indicou por aqui um mecânico que é de confiança para dar uma olhada antes da compra. Obrigado pela atenção novamente! Vou voltar com frequência com certeza.

    Oi Willian.
    Valeu pela dica também. Vou ficar de olho nessas despesas, eu nem sabia que eu podia tentar negociar esse gasto com o vendedor. Se comprar usada vou ficar de olho nos documentos também. Valeu mesmo!

    OBS.: Desculpem ter demorado para responder. Estava meio atarefado. Abraço a todos!

    • Olá Maikon,não precisa agradecer,pois o blog foi criado para isso,e sem gente com duvidas,precisando de esclarecimentos,não teria sentido fazer o blog,então relaxe e volte sempre!Espero que com novas duvidas e estórias após ter comprado a sua motoca! Sucesso e juízo porque esse moto não é brinquedo não! Abraço!

  16. Olá! Encontrei esse blog através do google pq estou com problemas no medidor de gasolina da minha Bros 2012.
    Comprei uma Bros com injeção eletrônica há poucos dias e instalei um alarme com botão de ignição. O problema é que só agora (depois de três dias andando na moto) reparei que o medidor da gasolina não baixou, parece sempre cheio (andei só uns 200km). Será que isso tem a ver com o alarme ou a bomba pifou em menos de uma semana de uso?

  17. Ah, detalhe: depois da ultima vez que enchi o tanque, andei uns 85Km e o medidor ainda não baixou.

    • Olá Augusto,seja bem vindo ao blog!

      Como você disse, sua moto é zerada, então preciso te explicar alguns detalhes, pois você está fazendo uma pequena confusão, pelo menos foi o que percebi pelo seu comentário.Se a motocicleta está funcionando e não apresenta falhas durante a pilotagem, fique tranquilo pois a bomba de combustível está funcionando perfeitamente.Pois a função da bomba de combustível é enviar o combustível do tanque da moto para o eletroinjetor com a pressão necessária para o correto funcionamento do motor.O que você está falando é outro componente que é chamado de bóia de combustível, esse sim, é o responsável por enviar a informação da quantidade de combustível para o indicador que está no painel da sua moto.E na sua moto, como eu disse no texto,a bomba está fora do tanque, o que considero um erro de projeto,e a bóia está dentro do tanque.Porém, já te adianto que esse conjunto, pelo menos nas motos Honda, não é muito preciso, então apenas use ele apenas como referência. Eu uso o hodômetro parcial para controlar se o consumo está normal ou não pelo quantidade de quilômetros rodados com um tanque até o momento(no meu caso,titan carburada) que a moto entra na reserva.

      Agora se você roda somente com gasolina no tanque(lembre que o consumo da moto com etanol é menor) uns 370 quilômetros,e o ponteiro ainda está indicando o mesmo tanque cheio, ou a bóia, ou algum fio entre a bóia e o painel está gerando curto,e por isso a informação incorreta no painel, se esse for o seu caso, vá até a concessionária e solicite que vejam isso, pois é sim defeito e precisa ser reparado( se for algum fio) ou efetuada a troca da bóia.

      Espero que tenha entendido a diferença e esclarecido sua dúvida.Com mais duvidas, volte a escrever.

      Baita abraço e espero sua participação mais vezes por aqui, combinado?

  18. Tenho uma bros 2009 já estou com a quarta bomba de combustível nela e já esta apresentando o defeito novamente, no momento que esquenta deixa de injeta combustível e tenho que para e espera esfriar para continuar a viagem.
    Deveria cobra a empresa honda a recolher todas a bros para resolver este problema.

    • Olá Suelio, seja bem vindo ao blog!

      Sem enrolar muito, quer uma sugestão? Troque a bomba e vende a moto. Se está dando tanto problema na bomba, é porque você, assim como eu, exige muito da sua moto e nesse caso, a melhor coisa é vender. Se mora em uma região quente como o nordeste então, piorou. Infelizmente não tem o que fazer. Quando for procurar outra moto, se quiser injetada, questione o vendedor se a bomba é interna(dentro do tanque da moto).Se sim, pode comprar e rodar bastante com ela que não terá problemas.Sobre o recall da Honda, creio que não vão fazer, porque muita gente ainda compra motos para usar apenas em curtas distâncias, de casa ao trabalho, de casa até a escola, ou seja, não dá nem tempo de aquecer a bomba. Ai não apresentará problemas tão cedo…

      Boa sorte e abraço!

  19. poxa vida lendo todo seu blog estou achando q entrei numa furada eu tinha uma 150 titan 2008 so trocava pneu e oleo e relação vendi ela e peguei uma bros q ha 2 horas atras me deixo na mão q raiva to ferrado comprei ela ja usada ela é 2009

    meu nome é claudinei sou de sabara grande bh

    • Olá Claudinei, bem vindo ao blog!

      Como eu já disse antes aqui mesmo nesse post, depende de como você usa a moto, se você “abusa” dela, como eu faço com a minha Titan 150 2006, a probabilidade é bem maior de um problema com a bomba de combustível, mas se só usar para ir ao trabalho ou escola( eles sendo perto, lógico) pode ser que nunca tenha problemas…enfim, para o meu perfil, essa moto não serve.Por isso achei importante relatar aqui no blog isso.

      Se você também “abusa” da tua moto quando pilota, sugiro que passe ela adiante e compre outra mais valente…infelizmente.

      Baita Abraço e boa sorte!

  20. Tenho uma Brós 2011 Flex com 5.100 Km e a bomba já queimou. O pior é que a garantia acabou há 2 meses… Esta moto é uma porcaria! já tinha visto centenas de reclamações a esse respeito – é defeito de projeto.
    Tive 2 XTZ Yamaha e nunca tive qualquer problema. Se arrependimento matasse… Quero voltar para a XTZ!!!!!!!!!!

  21. Olá, Marcelo!

    Tenho uma bros 2011 flex esd e estou com problema na bomba de combustível, qual uma marca e modelo de uma bomba original e com preço acessível para realizar a troca?

    Desde já agradeço a atenção!

    • Olá Antonio, bem vindo ao blog.

      Sinto pelo seu problema. E a ultima vez que pesquisei o preço, custava 350 reais a bomba dessa moto…sugiro que entre em contato com a concessionária Honda mais próxima de onde você mora, pois o preço pode variar ( eu acho ) pela região do pais. Eu moro em SP.E nem pense em querer comprar em outro lugar, pois se a original, na concessionária já apresenta problemas… imagina de procedência duvidosa.

      Abraço e obrigado pela participação e boa sorte!

  22. Cara, Honda é Honda, pode nao ser a melhor mas o custo beneficio das motos ”pequenas” nem se compara com as outras, tenho uma xr200 ano 2000, ja comprei ele muito judiada e eu judio mais ainda e nao da pau nem fude***……….to na duvida de pegar a XRE ou a nova CRF 250.

    • Olá meu xará, tudo bom? Bem vindo ao blog!

      Marcelo, concordo contigo, Honda tem qualidade e tradição ainda incomparáveis nessa categoria de baixa/média cilindrada, mas se comparar os “rivais”, nas motos maiores a briga já é mais de igualada.Muita gente mete o pau, querendo comparar com marcas que trazem motos chinesas, falando de beleza e conforto, mas sempre se esquecem da “durabilidade”. De que adianta uma bela moto se não aguenta te levar onde quer? A tua XR 200 é uma bela moto, boa de curvas e que “aguenta” o tranco, mas confesso não ser muito fã do motor,que é o mesmo da Strada. Eu tenho uma Titan 150 carburada, ela está com 110.000km rodados,e depois de ir até Curitiba de férias( 450km de viagem, sem contar tudo que andei lá) com garupa e bagagens. Posso confirmar o que tu disse, Honda é Honda.

      Maaaaas, voltando ao assunto, nesse caso especifico da Bros com injeção eletrônica, que assim como a XRE tem bomba de combustível externa, que considero erro grave de projeto. Eu não compro essa moto,como eu disse, opinião minha, pois eu uso e abuso demais da moto.(tenho 2 motos e não tenho carro, então faço TUDO com a moto ) Por isso desisti dessa Bros(a XRE não me agrada posição de pilotagem e estilo) e quando puder, comprarei a Ténérézinha, que já andei, testei e aprovei. Só lembrando que essa diferença que estou falando, e que vem queimando bombas na praça, além de poder ser causada por excesso de sujeira do etanol(como a XRE não é flex,não tem tantos casos de queima da bomba,mas a Bros tem esse “inimigo” a mais),a bomba deveria ser interna para poder ser refrigerada, arrefecida pelo próprio combustível, e nesse caso, quanto mais combustível no tanque, melhor a refrigeração. Espero que tenha entendido meu raciocínio.

      Sobre sua duvida. Compre a CRF 250L sem sombra de dúvida.Posso dizer que comparando as 2, a tecnologia da CRF da um cacete na XRE…mas não sei se quer usar para viagens com garupa, ai tem que pensar um pouco, talvez comprar um banco ERE resolva a questão. Apenas certifique se de que a bomba de combustível seja INTERNA,e não EXTERNA. Seu sossego ao pilotar depende muito da posição desse item, por incrível que pareça Marcelo.

      Baita abraço e agradeço pela tua participação!

      • Ola Marcelo, esse seu blog é muito bom, eu conheci ele ontem mexendo na net, essa historia da bomba da broz eu nem sabia, vejo tanta bros zerada na rua q nem imaginava rsrsrs, a respeito da bomba da crf 250 l, eu vou procurar saber……….realmente nas motos ”maiores” nao tem essa de Honda é Honda, essa expressao so vale nas motos pequenas,……agora DAFRA, shineray, entre outras, EU NAO COMPRO MESMO rsrsrsrsrsr

        aquele abraços e adorei seu blog.

        • Caro Marcelo, fico feliz ao receber um comentário positivo como o seu, isso me motiva a continuar e buscar sempre melhorar a qualidade do conteúdo do blog. Sobre a grande quantidade na rua, calma Marcelo. Como eu disse, depende de como a motocicleta é utilizada, se usar pouco usada, por exemplo, casa-trabalho-escola-casa, não dá tempo de sobreaquecer a bomba, então ela não queima, se usar só gasolina aditivada nas MIX, não terá problemas de saturação do filtro de combustível e de travamento da bomba pelas impurezas do etanol,a médio prazo. Se não ficar pegando estrada com ela, forçando o motor por horas, não irá dar problemas tão cedo. Então MUITAS pessoas não vão ter problemas tão cedo, porém outras terão que trocar a bomba mais de uma vez…aqui nos comentários mesmo, você verá alguns casos assim, infelizmente…

          Grande Abraço, espero que sempre esteja participando aqui com suas opiniões, e se puder fortalecer o trabalho feito aqui, já que curtiu, divulgue para seus amigos nas redes sociais, já será uma baita ajuda! Acesse a fanpage do Blog e compartilhe! http://www.facebook.com/motordomundo

          Fico grato!

  23. tive uma titan mix ex 2010 e ela num pegava com gasolina aditivada foi so trocar para a comum e o preblema foi resolvido.

    • Olá Igor, seja bem vindo ao blog!

      Amigo, posso te afirmar com muita certeza que esse não era o problema real da tua moto.Provavelmente no teu caso especifico, a tal gasolina aditivada que não pegava estava com adulteração, por isso apresentou problemas no funcionamento da tua moto, e quando tu trocou para a comum, abasteceu com gasolina boa.

      A diferença entre gasolina comum e aditivada, sendo elas do mesmo fabricante(posto), são mínimas, algo em torno de 5% da composição,até menos,devido a adição de aditivos que ajudaram a prolongar a vida útil do seu motor. Minha moto passou de 100.000km rodados e nunca deu problema de funcionamento, mas sempre ando com combustível aditivado.

      DICA: Abasteça sempre no mesmo posto, sempre de grandes marcas(shell, petrobras,ipiranga), e se possivel na mesma bomba, comprando sempre o mesmo tipo de combustível.Pois qualquer duvida que você tenha quanto a um problema de funcionamento da moto ser culpa do combustível, fica fácil encontrar onde comprou a gasolina/etanol adulterado, e denunciar os safados! Eu faço isso como prevenção e ainda não tive problemas com minhas motos.

      Baita abraço e agradeço pela tua participação!

  24. Aqui em minha cidade conheço 3 bros que deram problema na bomba, e engraçado era o caso de uma dessas que andava exatamente 30km aí ela morria e não pegava mais, tinha que esperar ela esfriar o motor por completo para pegar denovo.
    Acho a bros uma moto bem macia e confortável de pilotar, mas as vantagens para por aí, pois acho ela mais fraca que titan e mais lerda.

    • Olá Marques, bem vindo ao blog!

      Nesse caso especifico que citou, parece mais problema do módulo de controle da injeção, relacionada a estratégia de controle da temperatura do motor, lembrando que bobina de ignição também, quando defeituosa, gera esse “inconveniente” de morrer, e só pegar depois de esfriar, eu tive esse problema em uma 125cc e na época deu dor de cabeça Marques…exatamente isso, esquentou, morria, esfriou, funcionava, esquentou de novo, morria de novo…troquei a bobina e nunca mais tive problemas.

      O meu interesse inicial era exatamente o conforto e posição de pilotagem, melhores que na Titan para meus 1,85m de altura. Mas não é só de conforto que uma moto é feita, como você mesmo disse.

      Agradeço pela tua participação no blog, espero ver novos comentários, combinado?

      Abraço

    • Olá amigo, bem vindo ao blog!

      Fico agradecido pelo seu comentário, mostra que estou conseguindo por em prática a ideia principal do blog, que é esclarecer as duvidas de quem curte a motocicleta.

      Baita Abraço e quando achar um texto ruim, pode criticar também! =D

  25. Olá tenho uma Bros 2010 Mix e está com uns 25.000km
    Trabalhei com ela fazendo entrega, viajei, fui para fazenda e lá rampei morros em estrada de chão, uma moto super confortável, econômica, bonita, forte e nunca tive o que reclamar.
    Sempre alternei o combustível entre gasolina e etanol, colocava misturado meio á meio ou enchia o tanque só com um tipo e nunca tinha dado problema.
    Em 20 dias completei o tanque dela só com etanol por duas vezes, cada tanque deu pra rodar 10 dias. Após isso eu completei o tanque com Gasolina num posto onde eu quase sempre abasteço, mas a gasolina de lá não é de boa qualidade, mas é mais barata.
    Deposi disso quando ligava ela a injeção começou a fazer um barulho diferente e a moto começou a falhar, perder força (mas não dava trabalho para ligar) e gastou mais combustivel do que o normal, esse tanque de gasolina deu pra rodar apenas 5 dias sendo que deveria rodar mais do que os dez dias do alcool certo? (porque a gasolina rende mais e o percurso percorrido durante esses dias foram os mesmo, trabalho pra casa, casa pro trabalho).
    Levei ela numa boa oficina próxima de casa para ver esse problema, mas o mecanico me informou á levar a moto para a propria honda pois ja houve um caso parecido com outra moto (cb300) e eles não puderam resolver, então fiquei de levar ela na oficina da honda para ver isso mas ainda não levei, porque essa semana estava acabando o combustivel (no quinto dia) e abasteci R$10,00 de etanol para ver no que ia dar.
    A moto tá normal! Não falha, o desempenho esta normal e o cosumo do etanol tambem esta estavel… Vai entender, não sei o que foi mas acredito que é algum problema na injeção eletronica mesmo… Inté mais pessoal.

    • Olá Maikon, bem vindo ao blog, e agradeço por um comentário tão rico em detalhes!

      Sobre o combustível, não sei de que região você é, mas em SP é terrível, vacilou, abasteceu com gasolina adulterada, e ela ferra com tudo. O que eu faço e recomendo: Abasteça sempre no mesmo posto e sempre na mesma bomba, no teu caso, use sempre a mesma bomba para o etanol e a mesma para gasolina, dependendo do que irá abastecer no momento. Assim você em caso de problemas por combustível, saberá onde comprou esse combustível adulterado e denuncia o safado. Ah, e nem preciso dizer que gasolina, e se possível o etanol, só aditivado! Pode ter certeza que compensa a médio/longo prazo, pois seu motor precisará de menos manutenções do que usando combustível comum. E no final, o que você terá é economia e não prejuízo, como pensa a maioria.

      Continuando, sobre o problema, acredito que seja o sensor de oxigênio, que contaminado pelos residuos da queima do combustível adulterado, começou a enviar sinal incorreto para o módulo, gerando essa irregularidade no motor, que você detectou ao pilotar. Como você colocou outro combustível(deduzindo que esse está bom) o próprio uso do motor fez com que o sensor descontaminasse. Esse sensor é bem sensível a condições de uso fora do padrão, e dependendo do caso, como o seu, ele pode gerar irregularidade no funcionamento do motor, e depois, simplesmente “sumir”.

      Baita Abraço!

      • Eu me lembrei depois que já tinha enviado o cometário.
        Eu coloquei gasolina aditivada porque estava numa promoção do posto, acho que essa gasolina estava “batizada” por isso que estava na promoção, tava R$2,559 o litro, ou quase isso, não me lembro muito bem.
        Realmente preciso levar ela na oficina e mandar fazer uma revisão GERAL! Só fiz as primeiras gratuitas pela honda e nunca mais, mas graças a Deus que ela nunca me deixou na mão ou me fez passar raiva, só essa de agora mas por causa dessa gasolina “aditivada” (aditivada com agua só se for).
        Bom, vou tirar a prova daqui dois dias quando for abastecer ela novamente, vou por gasolina de novo mais em outro posto, de confiança para ver se o problema acabou mesmo, se acabou, é certeza que aquela gasolina estava adulterada.
        Vou ver tambem sobre o sensor de oxigênio, velu pelas dicas irmão, fica com Deus, até mais, abraço!

  26. Tenho uma Bros ES 150, 2011, esta com 21000, nunca tive problema com ela, e não fiz todas as revisões, falha minha, mas acho que na revisão que fiz, com 18000, mexeram na regulagem da injeção eletrônica, a moto passou a gastar mais. E também acho que a corrente de comando ta fazendo um barulinho. Na concessionária da Honda de Santo Antonio da Platina, Paraná. Será que revisão estraga a moto??? rsrs

    • Olá Elson, agradeço pela tua participação!

      Como eu disse no texto e nos outros comentários, problema na bomba NÃO é uma regra, e sim uma tendência, e como você está no Paraná, que costuma ser mais frio, melhor, pois lá no Nordeste “o bicho pega”. Sobre a revisão estragar a moto…kkk, depende do caso, se o mecânico não for bom, complica! Eu tenho muito problema com mecânicos de moto e faço tudo o que posso em casa nas minhas motos…por enquanto, economia de grana, e sem stress nenhum por “cagada” alheia. =)

      Abraço!

  27. Olá.

    Trabalho com laticinios, e tenho uma pequena frota de motos, que renovo todos os anos (6 motos). Geralmente, fechamos o ano com cerca de 70-80.000km em cada uma delas.

    Comecei com a Bros 125.. tirando uma delas que deu problema no cabeçote, nunca tive problemas.

    Em 2009, quando lançaram a Bros 150 mix.. resolvi nao arriscar e troquei por xtz125. Arrependi muito… Pois a manutenção era mais cara, elas bebiam mais, e os funcionários viviam reclamando que ela não era confortável.

    Voltei pra Honda em 2010.. e desde então, já renovamos a frota 3 vezes. A média de Km delas hoje é de 30.000km, e nunca (desde 2010) apresentaram problemas na bomba de combustivel, ou ruídos estranhos. A manutenção delas é simplesmente “relação, pneu e óleo”. Tudo na concessionária – Pois as motos estão em garantia, e a mão de obra definitivamente é diferenciada.

    Total de 18 motos comigo.. e nenhum problema. Aqui em minha região, esse problema não costuma ocorrer. Pelo menos sei de pouquissimos casos – inclusive com colegas de laticinio.

    PS: As motos SÓ ficam em asfalto / estrada de terra. E são bem “judiadas”

    • Olá Eduardo, agradeço pela sua colaboração, pois ajuda os outros leitores a formarem uma opinião melhor sobre a moto em questão.

      Como eu já afirmei antes aqui mesmo nos comentários, isso não é uma regra. Não são todas as motos que apresentarão esse problema. Mas existe uma quantidade considerável de casos, e existe uma lógica que justifique esses casos, por isso achei interessante publicar essas informações. Se é apenas um lote que saiu com defeito, se é apenas em regiões mais quentes, se é por uso incorreto do condutor, ou manutenção por pessoas despreparadas, não tenho como “provar” isso, e nem é meu interesse, afinal, não ganho nenhum centavo com esse blog( mas eu gostaria). Sei que acontece, e que uma moto da uma marca tão consolidada no Brasil, não deveria ter isso.

      Baita Abraço e boas motocadas!

  28. Boa tarde,
    eu tenho uma Bros 150c ano 2012, com 476 kilometros rodados, três meses de uso, nunca havia notado nenhuma problema. Hoje pr volta de meio dia ela ao mudar de macha intenrropeu e não voltou mais a pegar. Tentei de tudo, mais ela não pegava. Acendia tudo certindo, ams quando batia não funcionava. Levei ela empurrando até a consensonaria e mandaram eu iar pegar ela por votla das 17 horas, espero que resolva. O que vc acha que aconteceu?

    • Rafael, complicado dizer, pois teria que ver a moto. No “chutômetro” digo que pode ser a bomba que queimou, combustível adulterado, ou simplesmente alguma “cagada operacional” do processo de fabricação, pois tua moto é muito nova. O bom é que tá na garantia né! Abraço e boa sorte!

  29. Olá.
    Tenho uma Bros 2009 apenas a gasolina com 3000km rodados, apenas em cidade e de preferência nos períodos da manhã e fim de tarde, e começou a apresentar defeito na bomba à uns dois meses. Como o Marcelo comentou no artigo o problema aparentemente é aquecimento da bomba, principalmente devido à sua localização. A moto fica falhando e perde potência, nota-se como se faltasse combustível (como se estivesse entupido o filtro ou no final do combustível), normalmente depois de algum tempo rodando. Para verificar se era mesmo a bomba tomei duas providências, primeiro me abasteci de uma garrafa com água e coloquei um sensor de temperatura na parte externa da bomba (entre a bomba e o coxim de borracha dela). Com isso verifiquei quatro coisas interessantes: 1 – Realmente quando a bomba atinge uns 38 a 40ºC (neste ponto de medição) ela começa a falhar, sempre por volta deste valor. 2 – Se eu desligar a moto por alguns minutos ela volta a funcionar por mais um tempo. Se eu jogo água na parte externa da bomba ela abaixa a temperatura e funciona perfeitamente (quando está chovendo não tenho problema). 4 – Se eu paro em um farol, mesmo com o motor ligado a temperatura que eu meço na bomba começa a diminuir em vez de aumentar, isto sugere que na realidade o sobreaquecimento da bomba é piorado pelo movimento da moto (dependendo das condições ambientais e velocidade) pois o ar que passa pelo motor acaba aquecendo e ao invés de resfriar a bomba ajuda a aquece-la.

    Por isso em determinadas regiões ou condições de uso a bomba resiste mais ou menos tempo.
    Tenho um conhecido que trabalha em um empresa de segurança (de shopping) com mais de 50 motos dessas e vivem dando problemas na bomba pois ficam rodando no estacionamento em baixa velocidade.

    Infelizmente é um problema de engenharia que a Honda deveria observar e tomar medidas para minimizar.

    • Antonio, parabéns pelo excelente comentário, acrescentando MUITO para o conteúdo do meu texto. Parabéns pelo seu conhecimento e iniciativa de elaborar esse estudo. Precisamos de mais pessoas com essa virtude! =D

      Espero mesmo que volte sempre a participar por aqui, pois fico muito feliz com comentários inteligentes como o seu!

      Abraço!

  30. eu tenho uma bros 2011, faz pouco tempo mas eu acho que esse problema de tantas queimas sao a falta de combustivel, vem no manual escrito que nao pode deixar faltar, muita gente acostuma com a reserva, mas no caso dela n tem.

    • Olá Marcelo, meu xará, bem vindo ao blog!

      Eu sinceramente não acho que seja isso, ou será que tanta gente curte ficar empurrando a moto até o posto?É…pensando bem, me deixou na duvida agora…hehehe.

      Abraço e boa sorte com a tua motoca man! =D

  31. tenho uma bros miy 2009 com 5 mil km , troquei a bomba de combustivel e ela nem andou , falha parada ao acelerar e muito .ora acende a luz alc . , ora acende a luz mix e ela está só com gasolina ,o que deve ser ?

    • Olá caro Adonias, como não sei qual é o seu conhecimento sobre mecânica e injeção eletrônica, fico receoso de te passar instruções do que fazer, pois você pode acabar “detonando” mais ainda sua moto, e quando for levar para um reparador qualificado, ele vai te cobrar mais caro, graças ao que fizer de errado na moto.

      O que posso te indicar é o seguinte. Leve sua moto em um reparador (=mecânico) e peça para ele fazer a limpeza do eletroinjetor da sua moto na máquina de limpeza. Melhor, procure uma oficina que tenha a máquina de limpeza de eletroinjetores de moto, ai tu deixa a moto para fazer o serviço, pois tem gente que coloca uns produtos que dizem limpar injetores sem precisar retirar. Isso até limpa, mas além de limpar seu eletroinjetores, contaminado pelos residuos do etanol, e de algum combustível de baixa qualidade que usou, ele DETONA seu sensor de oxigênio e seu catalisador. Então se morar em uma cidade que tem inspeção ambiental, como São Paulo, irá ser reprovado e terá dor de cabeça com isso.

      Outra coisa que provavelmente possa estar causando esse problema, pode ser o sensor de oxigênio da sua moto. O sensor é responsável por identificar mudança no combustível usado e enviar sinal para o ECU alterar o mapa de injeção tornando adequado o funcionamento do motor, se ele estiver deteriorado, o ECU irá ficar “maluco” e sua moto irá parecer uma mobilete de tão ruim que ficará. Se tiver conhecimentos sobre eletrônica, meça o sinal dele com um multimetro SEM DESCASCAR OS FIOS, pois isso irá prejudicar o sinal do sensor depois de um tempo, por oxidação (zinabre) causada pelo contato da água no fio. Meça nos conectores com o auxilio de ponta de prova tipo agulha. Um bom reparador terá esse material para analisar isso para você.

      Espero ter ajudado.Depois deixe um comentário aqui dizendo como resolveu seu problema. Assim você ajudará outros proprietários que estejam passando por algo parecido.

      Abraço

      • aí vejo a troca de óleo mas não entendo de 4/4 fica ruim de mais eu troco a cada no máximo 1500 e já esta preto imagina c 4 vai bater o motor

  32. Cara, minha proxima moto é com certeza uma lander, yamaha. tenho uma bros 2011 e mesmo com todo cuidado, tive um prejuizo de quase 700,00 rS com a bomba de combustivel da mesma.

    • Olá Luiz, eu acredito que você tenha lido o texto que publiquei sobre a Ténéré 250, que é praticamente uma Lander melhorada, menos off e mais on road. Eu não gosto na Lander do banco, que prejudica o conforto quando usa a moto com garupa, e o painel que é bem feio, com aquele conta giro linear digital, problemas resolvidos na Ténéré 250, sem contar o tanque maior que aumenta a autonomia para quem curte viagens, como eu. Mas já te adianto que é bem provável que no máximo em outubro de 2013, quando acontece o Salão 2 rodas, pois a Lander está esteticamente parada no tempo. Deixa anotado ai o que eu disse,ok?

      Abraço e boa sorte com a Bros!

  33. Boa noite Marcelo, acabei de compra uma bros 2009 mandei a mesma para manutenção e para minha surpresa a bomba de combustível estava com problema, a moto esta com 44.000 KM rodados vou confirmar se a bomba é original de fábrica. Pois realmente essa bomba de combustível da bros é complicado mesmo! Um abraço e parabéns pelo seu blog.

    • Olá Marcelo,

      Agradeço pelo elogio, a ideia do blog é ajudar quem curte moto, repassando algumas coisas que aprendi e que não são divulgadas abertamente.

      Sobre a bomba, acho improvável que seja paralela, deve ser a original mesmo. Mas posso estar errado, às vezes veio da China, e lá “tudo existe”.

      Abraço e boa sorte com a motoca!

  34. Olá Marcelo,muito bom o seu blog;eu gostaria de fazer uma pergunta e dizer minha situação atual.
    vamos lá,hoje eu estava com o tanque na reserva, e para esquentar o motor eu fiquei cortando giro varias vezes,estava com álcool,então mais tarde eu abasteci e coloquei álcool aditivado, e então eu coloquei ela pra funcionar no máximo,abusando de todas as machas, até corta giro(para descer todo o álcool comum).
    receio que fico bem quente! então então andei uns 20 kilometros desliguei ela,10 minutos depois fui sair e então fui ligar,e a moto não ligava,pelo o que eu conheço da moto,esse barulho eu acho que é da injeção,só fazia um barulho (quando ainda funcionava,fazia um “bereereep” e o “duuuuuuuumm” que seria ejetando o combustível) e agora faz (“bereereep” e nada mais) , a minha moto e do ano de 2011,tirei ela em agosto,dia 25,ela te 20.000km’s rodado.
    e então vem a questão que eu estou com medo que seja,pode ser a bomba de injeção que estrago?tentei liga-la novamente depois de um bom tempo e continua do mesmo jeito(não liga).
    e será que eu tenho garantia ainda?

    • Olá caro Davi, primeiro quero agradecer pela participação no blog, e por saber que gostou do que leu.

      Vou escrever um novo texto baseado nas suas questões, pois mais pessoas podem ter essas duvidas, mas vou resumir aqui, para suprir sua necessidade.

      1º – Tanque na reserva
      A reserva foi criada para situações de emergência, e não para ser usada sempre. Então sugiro que quando o marcador indicar meio tanque, já procure abastecer. Atitude simples que irá ajudar muito.

      2º – Esquentar o motor cortando o giro
      Davi, sua moto tem injeção eletrônica, e mesmo se fosse carburada, não precisaria de “cortar o giro” para esquentar, pois teria o afogador. Se sua moto quando fria não tem um funcionamento linear, correto, ela está com problema e precisa ser verificada por um reparador de qualidade. Moto com injeção, tem que ligar e sair andando, senão está funcionando assim ,tem algum problema com CERTEZA.

      3º – Etanol aditivado
      Minha moto não é flex, mas se fosse, com certeza eu só usaria etanol aditivado. Esqueça que existe combustível “comum” e seu motor irá agradecer funcionando muito mais tempo, sem precisar de uma manutenção maior. Pode confiar.

      4º – Funcionar no máximo, cortar giro para etanol comum descer…
      Isso é totalmente desnecessário, e só irá gerar desgaste sem motivo da sua moto. O combustível “velho” se mistura ao “novo” combustível quando é feito novo abastecimento, formando uma nova mistura. Não precisa fazer nada disso que disse, simplesmente use a moto.

      5º – A moto não pega, pode ser a bomba?
      No seu caso, fica difícil dizer, mas deixo uma pergunta, você ouve o motor de partida girar, tentando fazer o motor pegar, ou só ouve o barulho do relé armando? Se o motor nem gira, pode ser que o relé do motor de partida tenha queimado, ou mesmo um fusível que tem sobre ele, verifique se é isso e troque, agora se o motor gira ( motor de partida está funcionando ) e a moto não pega, pode ser sim a bomba, mas recomendo mandar para a concessionária, afinal a garantia de 1 ano está quase acabando!Só tome cuidado com o que irá falar lá, pois é muito fácil eles afirmarem que o problema não é coberto pela garantia, pois você usou combustível adulterado…essa é a desculpa – esfarrapada – clássica que eles usam para fazer você assumir o prejuízo sozinho.

      Espero ter ajudado. Depois me diga o que aconteceu ok? E se curtiu o blog, compartilhe com seus amigos, para ajudar a fortalecer esse espaço! =D

      Abraço

      • Pô Marcelo,muito obrigado ae pelas dicas, valeu mesmo;em relação á o que disse,eu não tenho motor de partida,a moto e KS;e sobre o “sons” que a moto emite quando liga,e exatamente do motor de injeção,fui a concessionaria e eles disseram que certeza absoluta que é o motor de injeção,mas eu fiquei em duvidas em relação a isso,porque na primeira vez em que deu problema,eu deixei ela parada,no dia seguinte eu liguei ela e funciono perfeitamente,e então desliguei,mas na hora de ligar novamente não quis ligar,esses eram os sintomas de que o motor de injeção estava queimando?

      • Eduardo moro no rj conheço a bros a facilidade e o preço a mesma e maravilhoso a outras e a facilidade de encontrar e. te aconselho continuar c a mesma 80. mil parabéns continue c a mesma valeu

  35. ELES ME DISSERAM QUE NÃO COBRE GARANTIA PORQUE EU NÃO FIZ TODAS AS REVISÕES,QUE CADA UMA CUSTA MAIS DE 200 REAIS,ISSO OS PRIMEIROS KILOMETROS,QUANTO MAIS KILOMETROS,MAIS CARO FICA,E NÃO É POUCO!

  36. Tenho uma broz e ate o momento ela não tem apresentado nem um problema a esse respeito. Minha unica decepção e a velocidade final ela não passa de 110!

    • Olá Márcio, como eu disse, isso não é uma regra. Mas acontece bastante.

      Sobre a velocidade, andei essa semana com a titan 150 injetada, e como proprietário de uma titan 150 carburada, não curti essa baixa velocidade máxima também…

      Abraço

  37. tenho uma bros e ela tem um defeito de parar do nada, quando eu ligo saio e com mais ou menos 30 metros ela para, e não pega na partida, sendo assim dou um empurrão coloco na segunda e ela pega. Alguém tem a solução para o problema?

    Abraço

  38. boa noite blz, adquiri uma Bros 2010 e fiquei temeroso com a tal da bomba pude vela, tenho uma viagem do estado de Tocantins da capital de Palmas até a cidade de Juazeiro do Norte-CE e o clima é quante, vc falou que tem que dar uma parada para refrescar a bomba, lhe pergunto? Quando parar posso jogar água na bomba ou vc tem outra instrição. Saiba que vc bomba cara, mas essa tal de bomba meu… Valeu!

    • calma calma meu amigo,

      essa viagem pelo que vi tem 1 400 km, você pretende fazer isso como? indo direto?

      dicas para você: mantenha o tanque sempre abastecido, não deixe passar da metade do tanque, já abasteça até a boca novamente.

      não sei se irá com garupa, mas eu quando viajo de titan, costumo parar a cada 100 km, para esticar as pernas. Nessas paradas, sua moto irá “esfriar” um pouco.

      use sempre gasolina aditivada.Esqueça que a comum existe, e o sistema da moto agradecerá.

      sobre jogar água na bomba…seria muito exagero fazer isso, além da pouca eficiência, pois se fosse para esfriar a bomba, seria mais correto mergulhar a bomba na água, mas isso é impossível!

      Seguindo essas dicas, as chances de uma avaria na bomba e a sua moto ficar parada na estrada serão muito, mas muito menores, e voce terá sua viagem tranquila.

      Abraço, e depois que fizer a viagem, me mande umas fotos que tirou no caminho, estou bem curioso sobre essa sua jornada!

      Boa sorte! =)

    • amigo,a minha bomba queimo,não e nada agradável ficar sem ela,sobre o preço,eu consegui concerta ela por 150 reais e nada mais;como? no mercado livre tem vender que vende a bomba original,você mesmo pode tirar e colocar a outra bomba,eu não sou mecânico,não entendo muito de mecânica e consegui colocar,a sua bomba vai queimar ai por volta dos 20.000 KM,que foi o que aconteceu com a minha,e só uma supo-cisão,na verdade não tenho nem uma certeza,to dizendo isso só para ter uma noção daqui uns tempo blz? boa sorte ae!!

  39. Tenho uma bros 2009 com 24612km. Troquei o óleo lubrificante agora pouco. Sabe quantas bombas de combustivel já queimou? Nenhuma. A moto é muito boa. Nunca me deixou na mão. O problema esta é em cima do banco. Outro problem é que muitos que anda com uma moto 150cc acha que esta andando com uma 250cc. Eu não anda devagar. Mas também não abuso do motor. Não ando com o tanque vazio o tempo todo. E também não abasteço em qualquer posto. As vezes uma econômia boba, pode se transformar em uma grande despesa. Então, se a pessoa não tem condições de manter a moto em dia, é melhor nem comprar uma. Ao invez de ficar chingando a moto ou quem á fez. Não estou defendendo fábrica nenhuma. Mas acho que reclamações tem limites.

    • Olá Mateus
      Não estamos xingando a moto ou quem fez e sim olhando os fatos , observe a porcentagem de bombas queimadas nas bros e nas XRe, eu mesmo tem uma bros aqui, tem uma posição de pilotagem muito boa e é bem estável, mas quando o quesito é força e velocidade aí a coisa muda. Até hoje ela também não teve problema nenhum, apesar da kilometragem baixa 6800km e to torcendo pra não da problema.
      Até mais.

    • Olá Mateus, realmente não estamos xingando a moto, mas o problema na bomba de combustível é real, até fiz um comentário acima explicando o problema e minhas conclusões (apenas verifiquei agora que coloquei a quilometragem como 3000km na realidade o problema aconteceu com a moto com uns 30.0000km). A moto é excelente, estável e muito boa para transitar em cidade além de ser extremamente econômica (estou fazendo uma média de 47km/litro). Eu não uso qualquer combustível, não forço a moto e mantenho uma manutenção preventiva constante. Mas infelizmente ela tem esse problema com a bomba de combustível, é um fato.

  40. E aê Marcelo, tudo bem? Gostaria de deixa uma relato breve(kkkk), tive uma Bros, nuca tive problema e usava ela no extremo, mas depois pulei para uma CG e agora estou com uma CB300, vejo muita gente reclamando, mas eu pessoalmente não vi problema algum em nenhuma destas motos, principalmente o tanque de guerra CG, a CB é até injusto eu falar muito sobre ela pois estou com ela a pouco tempo, mas todos os meus amigos que tem, não tiveram vazamento e nenhum outro tipo de problema, eu até pensei em comprar uma GTR da Kasinski, mas não me senti seguro com a compra, fui tentar ver a Fazer mas para minha surpresa a loja da minha cidade fechou, fui na cidade vizinha e também fechou, a mais próxima fica á 280KM, aí fica difícil, o grande problema da Yamaha é isto o pós venda, minha vontade é a ZT660 ou a XJ6N, meu amigo tem uma XJ6N e é uma máquina, mas ele passa aperto para fazer as revisões e não perder a garantia, se a Yamaha tivesse um pós venda melhor acredito que estas lojas não fechariam e desta forma sobram as Hondas que até então são ótimas e não vejo nenhuma dando problema, morei em Minas e agora estou na Bahia e a situação é a mesma, não sei o que ocorre com estes vazamentos relatados mas deve ser uso irresponsável, agora o problema de Barulho de corrente ocorre, mas para mim não incomoda. Gosto de motos e não de marcas e sou até contra estas taxações mas sou a favor de bom atendimento, e infelizmente só encontrei na Honda, a Yamaha de Minas é mais efetiva do que a da Bahia mas mesmo assim eles cobram muito caro pelas peças de reposição que em meu ponto de vista é na Yamaha troca-se muito.A dafra aqui na região é boa mas ainda não teve aquela moto que me agrada de verdade, Vamos torce para que as Revendas melhorem, mas vejo em geral as pessoas torcerem por determinado produto devido a marca e isto não se deve, temos que torcer para que a concorrência aumente e fico feliz que vc um proprietário de Honda não tenha preconceito de falar que quer uma Yamanha, e se a Kasinski tivesse uma revenda melhor com pós venda forte com certeza eu estaria com uma GTR. Abraços e não deixe de postas as fotos da viajem.

  41. Marcelo,blz cara?
    Então, tenho uma bros 150i 2011 e tudo endica q meu problema com ela é a bomba. vou explivcar melhor:
    Eu vinha do trabalho com a gasolina quase acabando e fui assim até um posto q costumo abastecer sempre, daí quando cheguei no posto deixei ela ligada, ai lembrei q a gasosa tava terminando, desliguei e quando o carro da frente acabou de abastecer o frentista me chamou para abastecer, pronto…. começou o problema daí,dei a partida na moto e ela não quiz pegar, o motor de arranque girava,girava e nada. não forcei ele e abasteci, depois dei partida e nada, tentei,tentei, até arria a bateria e apelei para o tranco, dei uns 3 trancos e pegou, mas ficou meio engasgada, quando acelerei ela morreu, dei + tranco e ela pegoou e fui para casa. Cheguei em casa dei partida normal, pegou normal. pansou um tempo no mesmo dia ai liguei ela e fui até a casa de um amigo, quando saí de la mesmo defeito,,, dei partida e nada, arriei a bateria comecei a dar tranco com um colega em outra moto e nada. carreguei a bateria, e ela não quer +pegar. me ajude … será q é a bomba????
    grato.

    • cara, que confusão! =(

      “será que é a bomba???” é complicado responder isso por mensagem sem ver a moto, mas vou tentar te ajudar. Não me recordo se nessa moto a bomba é “barulhenta” quando aciona ou não. Em um lugar sem muito barulho, sem o botão corta corrente acionado, vire a chave de ignição e tente escutar o barulho da bomba pressurizando o sistema antes de dar a partida. Ela faz barulho por alguns segundos ( varia em cada moto ) e depois para, aguardando que você ligue o motor. Se achar necessário, se aproxime da bomba ( lembrando que ela não fica dentro do tanque e sim embaixo, perto do quadro elástico, como eu disse no texto ) Senão fizer esse barulho, a bomba dançou, mas antes disso, verifique se não tem um fusivel queimado ou relé danificado antes de comprar a peça nova. que custa bem caro, na minha opinião.

      Abraço e depois me diga o que aconteceu, ok? Ah, e NÃO DEIXE O TANQUE COM POUCO COMBUSTÍVEL!!! =)

  42. Oi Marcelo , por acaso encontrei o Blog procurando informações sobre a bros , pois comprei uma a 3 meses ano 2011 modelo 2012.
    Eu tinha uma nx 150 1990 que comprei em 2000 , muito boa .
    Li as opiniões sobre a bros , confesso que tenho uma duvida , gostaria de saber sua opinião.

    quando reduzo ela dá um tranco pequeno , quando acelero ela dá tambem um pequeno tranco (parecendo corrente mole) , leivei na concessionária , lá o mecânico me disse que era normal da bros , (será).
    confesso que gosto da bros , ela é confortável , economica.

    um grande abraço e parabéns pelo blog

    • Olá Marcos, agradeço pelo seu comentário! =)

      É muito complicado dizer, sem poder ver e andar na moto, mas vou tentar…

      Tranco quando desacelera, PODE ser sensor de oxigênio com sinal irregular. Vale a pena mandar em um BOM reparador para que ele cheque se o sensor está OK.

      Tranco quando aceleta, minha moto já fez isso, e eram as buchas da coroa, solte a roda e tire a coroa, para checar se as buchas estão em bom estado, se estiver deformadas, desgastadas, troque, e coloque ORIGINAL, ok?

      Abraço!

  43. Ola, achei interessantes suas opnioes sobre o assunto, mas naum localizei suas qualificações como tal, em determinado momento vc afirma q seus conhecimentos saum baseados em pesquisas, e a pratica possui?? qual sua formação na area… naum me entenda mau…

    • Olá Ricardo, seja bem vindo ao blog.

      Entendo suas preocupações e não tem problema nenhum em questionar, alias, se todos questionassem a veracidade do que andam lendo na internet, veriam que muita gente escreve sem saber, apenas para ganhar mais acessos, e leitores cadastrados para dizer “que é o melhor blog/site sobre motos e blábláblá”…mas na verdade, acabam difundindo informações sem fundamento e criando entre seus seguidores, que depois de um tempo se tornam muito fiéis, a terem opiniões erradas sobre determinados assuntos. Faz parte. Cada um acredita no que acha certo, e nós devemos fazer nossa parte sendo mais seletivos.

      Você não achou o meu currículo, exatamente porque eu não tenho intenção nenhuma de me mostrar, me aparecer e dizer “sou foda”. Não fiz o blog para isso, e sim para repassar o pouco que aprendi na vida. Não ganho nenhum centavo com o trabalho que tenho aqui, que por sinal não é pouco. Mas faço isso para tentar colaborar para que quem curte motos tenha acesso a informações que não sejam releases de fábrica copiados e colados, e informações baseadas no puro “bairrismo”, onde o cara tem uma moto, que é uma merda, mas ele diz para todo mundo que a dele é boa, e as outras são ruins…alias, por esse tipo de gente que eu não participo de fóruns na internet, pois esse pessoal é muito chato.

      Espero ter esclarecido sua duvida.

      Abraço

  44. Excelentemente respondido, agora eu te pergunto, pretendo comprar uma BROs 2012 seminova com 13000 rodada, com a finalidade de rodar em media 1500 km/mes, na cidade. Pelo exposto, pode verificar, que seu maior mal”( da moto), esta em sua bomba externa, fora isto, tomando todas as precauções possiveis,(utilizando somente gas adit, reabastecendo rigorosamente, e rodando em baixa rotação), ainda assim seria uma má opçaum…grato….

    • Fico feliz em ter esclarecido sua dúvida Ricardo.

      Sobre a nova pergunta, vou ser bem franco, eu não compro essa moto enquanto não colocarem a bomba dentro do tanque. Maaaaaas muita gente tem essa moto e diz que não dá problemas.

      Realmente acho ela excelente, apenas isso me incomoda a ponto de não comprar…afinal, se apenas isso pifar, eu fico na mão…complicado para o meu cérebro cheio de incertezas…prefiro optar por um modelo com projeto mais confiável ( dentro de tudo que eu disse antes…) então, em vez de comprar uma Bros, eu compraria uma Lander usada, que tem um ótimo conjunto, motor mais potente e confiável, que deve estar num valor próximo da Bros 2012, ou melhor ainda, a Ténéré…mas gosto, cada um tem o seu e como a motocicleta é algo muito pessoal, sugiro que use o que eu disse apenas para auxiliar tudo que já pensa sobre o que deseja e precisa de uma moto.
      Abraço

  45. Acabei de deixar me moto para revisão dos 40.000 numa autorizada HONDA,aleguei que a moto estava so falhando e apagando,o mecânico ja acusou logo dizendo q era bomba queimada e o regulador de pressão.Me cobrou 442 reais ,porém vou procurar uma segunda opinião.

  46. Boa noite amigos! Eu tenho uma Bros 2011. Ela estar com 8.800 km rodados, e nunca apresentou nenhum problema na bomba e nem em qual quer outra peça. Eu forço ela bastante, ja fiz viagens longas, e em velocidades entre 80 e 100 km constantes! A bomba de combustivel e arrefecida a gasolina, se vc deixar faltar e a bomba estiver quente de uma longa viagem, pode sim ter problemas. se não pode rodar sem medo algum. obs nos modelos de 2009 a baixo são mais favoraveis a algum problema na bomba. de 2010 acima, a honda fez reparos e estão nota dez. E falando da moto, ela é otima, economica, versatil, boa estabilidade em vias, estradas e rodo vias. melhor custo beneficil ate 10.000 reais. conheço varios donos de bros e todos tem a mesma opnião minha. valeu pessoal

  47. Boa Dia
    Tenho uma bros 2010/2011 e a minha deu problema na bomba de combustível a minha estava com aproximadamente com 20.000 km e começou a falar e queimo, após esta situação comecei a procura sobre este assunto e videos, realmente a muita reclamação da brós e XRE 300 referente ao mesmo assunto, isso é um absorto me deixou na mão muito longe de casa e o conserto esta avaliado em torno de 400,00 reais.

  48. compre uma moto bros 2009 em perfeito estado de conservacao, porem uso + ou – uma hora ela comeca a falhar e nao tem jeito de continuar usando.
    Uma limpeza na injecao nao resolveria o problema?

    • Talvez, mas pelo que disse, é bomba, pois “quando usa por um tempo ela começa a falhar”. Isso é pelo aquecimento do enrolamento do motor elétrico que tem dentro da bomba, o aquecimento gera aumento na resistência, e gera falhas no funcionamento da bomba, e essas falhas na bomba geram os “engasgos” no funcionamento do motor. Recomendo ir a um reparador especializado em injeção para analisar sua moto.

      Boa sorte.

  49. Tenho uma Bros 2009, comprei em junho de 2009 tenho problema desde o segundo mes , ja foi trocado na garantia com apenas 4 meses a bomba de combustível, tive que fazer o recall do modulo injetor e por fim a moto com 10 meses começa a fumar, o motivo, folga na guia de válvula, e Honda demorou muito e com muita insistência e briga eles fizeram a parte de cima do motor, até hoje ele faz um barulho quando esquenta , entrei em contato por inúmeras vezes com a Honda e nunca me retornaram, não recomendo as motos da Honda nacionais pra ninguém, comprem Yamaha que não da problema, pode ser mais cara as peças e manutenção mas não dão problemas que nem as Hondas, quem é mecânico sabe quantas motos Yamaha passam por suas oficinas (geralmente pra revisão ou que caiu) e as Hondas?!?!?!
    A Honda não tem respeito pelo consumidor brasileiro, sabe que a justiça aqui não funciona por isso “pintam e bordam” pois se sentem a cima da justiça.

    • Questão complicado William,

      Eu penso que não podemos generalizar,independente da marca. por exemplo, eu tenho uma cg titan 150 ano 2006, está com 105000km rodados e não deixa na mão nunca. Muitas motos são ótimas, mas alguns casos – como esse – são problemáticos. Por isso precisamos analisar muito bem antes de comprar determinada motocicleta.

      Abraço

  50. cara…estou com um problemão com minha moto bros 2010 ela estava funcionando normalmente deixei ela em casa atarde e fui descançar quando eu fui sair a noite eu liguei a ignição tudo bem,ai eu fui dar a partida e a moto não quiz mais pegar,e ela agora não liga nada só o neutro e só liga quando estar em off ela liga mas não é a moto funcionando é só o painel isso a conteceu do nada..e agora o q é q eu faço?

    • Complicado dizer, mas se nada, nada mesmo funciona. Verifique os fusíveis da moto para ver se não queimou um. Verifique o relé de partida que também pode “pifar” e a moto não pega mais, porque o motor de partida não funciona. Tentou fazer “pegar no tranco”?

      Agora se o motor de partida funciona, veja se tem faísca, se tiver faisca e o motor de partida está acionando, ai é bomba de combustível( não sei dizer se tem fusivel da bomba, mas cheque isso também…)

      Abraço e boa sorte!

  51. Marcelo cara visualisei tudo e de nada adiantou então eu levei ela para a oficina e omecanico falou q era a bateria q não presta mais porém ele disse q botou ela para carregar e não adiantou de nada só outra nova vc pode mim dizer qual é abateria q vc me indicaria?..vlw pela resposta,muito obrigado qualquer coisa eu venho tirar minhas duvidas com vc..tudo de bom para vc fera…

    • Caro Diego, recentemente tive que trocar a bateria da minha titan 150 ano 2006. O que eu fiz, coloquei a bateria da titan 150 2012. No meu caso a bateria que coloquei tem 6Ah, e a bateria original tinha 5Ah. Fiz essa escolha porque uso alarme na moto, então consome mais energia, levando as vezes a bateria a perder a carga. Como na injeção, existe um consumo maior do que numa moto carburada, fiz essa escolha e deu certo até o momento.
      Usei a marca original mesmo, Yuasa, mas também acho que a bateria Heliar é uma boa opção pelo grande dominio que eles tem da tecnologia, mas tem que ver o preço delas e ver o que seu bolso está mais propenso a aceitar.

      Grande Abraço e espero ter ajudado um pouco.

  52. olá, muito bom o seu blog, meu nom é roberto tenho uma bros 2009 e a mesma apresenta essas falhas que caracteriza problema na bomba, porem ela nunca falhou de vez sempre fica cortando pperdendo força

    • Roberto, agradeço pelo seu comentário!

      Sobre seu caso, creio que uma limpeza do eletroinjetor ( vulgarmente chamado de “bico injetor” ) poderá resolver o seu problema. Esse serviço deve ser feito em oficina especializada em injeção eletrônica, e que tenha máquina de limpeza por ultrasom. Evite aqueles produtos que prometem limpar seu sistema, apensas misturando o produto com a gasolina. Isso estrada sensor de oxigênio e catalisador… Lembre se de sempre usar gasolina aditivada e se sua moto for flex, tente usar o etanol aditivado também, sempre de um posto de confiança, isso prolonga o intervalo de manutenção do seu motor e você aproveita mais sua moto.

  53. cara posso por a injeçao eletronica da lander na bros? ai mudo a entrada d ar e talz! adianta alguma coisa? abraço

    • Eduardo, esqueça isso, não dá para fazer, nem tecnicamente, nem pelo alto custo. E outra, onde irá arrumar as peças para essa gambiarra? Não compre peças sem procedência, pois pode ser de uma moto roubada, e fazendo isso, sua moto pode ser a próxima a ter as peças vendidas por ai.

      Abraço

  54. Boa noite, sou novato neste mundo de motos. Aproveitando sua experiência gostaria de uma dica:que moto seria ideal como primeira moto?Pensei na XRE, até porque já possuo uma pequena experiência na rua, mas em vários foruns percebo muita reclamação sobre esse modelo, a Bros além dos problemas relatados é um tanto cara para uma 150 a Ténéré não me agrada o visual…parece muito parruda na frente e fininha atrás, me sobrou alguma opção trail?Desde já agradeço e parabenizo pelo blog.

    • Alexandre, não sou tão experiente assim…apenas gosto muito dessa coisa boa que chamamos de motocicleta.

      Sobre sua duvida e pelo que já me adiantou…vai de Lander, que é um tratorzinho valente e tem um preço bem legal, ou vai de Honda CFR 250L, que tem o mesmo motor da CBR 250R e está chegando nas concessionárias, mas o problema dessa será o preço, pois além de ter mais técnologia que a Lander, virá importada da Tailândia, assim como é feito com a irmã CBR 250…

      Baixando um pouco a cilindrada, a Honda lançou a Bros 125 carburada, e a Yamaha tem a XTZ 125, que para usar na cidade é bem legal, e se quiser, tem uma versão motard, que é muito legal de pilotar!

      Espero ter ajudado um pouco.

      Abraço

  55. Olá… Belo tópico
    Minha dúvida é a seguinte… A nova Bors 2013
    também vem com o mesmo problema ou foi resolvido?

    • Man…não sei dizer. Visualmente essa parte de alimentação não mudou nada…aliás…lançaram uma Bros 125 carburada…acho que para “tapar o sol com a peneira”. Assim quem tá na duvida se a bomba vai ou não dar problema, compra a carburada…absurdo na minha opinião.

      Abraço

  56. eu quero saber porque minha está vazando pelo filtro de ar ,ela é uma titan 150 ,2005.

  57. Tira a bomba e injesao e coloca um carburado e coloca um carburador coloquei e nao me enconmodo mais

      • Olá Itacir, para aumentar a cilindrada, recomendo que procure uma oficina especializada nesse tipo de serviço. Vai sair caro, mas é o preço do trabalho bem feito e de uma moto que poderá usar sem precisar tomar cuidado para não forçar e estragar o motor.

        Abraço

    • Olá,

      Não faz sentido fazer essa troca no caso da Bros. Muito trabalho para mexer em tudo, sem contar na desvalorização da moto na venda.

      Abraço

  58. boa noite moro em copa Rj comprei uma bros 12/13 foi a primeira a ser vendida na motocar em botafogo o vendedor trouxe de outra loja. estava c uma um poblema na rabeta levei na loja eles falaram tem q deixar eu mesmo resolvi com 4576 km a moto estava com um poblema no motor como seja biela ou balancinho deixei na honda hoje esta com oito dias e eles nao me deram uma solução só conversa fiada um desrespeito com o consumidor me sinto um lixo perante as explicações que a motocar tem dado nao resolve nada a própria motocar até hoje nao ligou para me para dar satisfação alguma estou s ganhar nada q preciso da mesma e estou sem irei procurar meus direitos que isso e uma vergonha em primeiro uma moto do próximo ano comprando duas cabeça dando poblema quem ira comprar uma m dessa fiz a revisão de um de quatro e após o motor fudido parabéns honda meus direitos vcs vão ter q respeitar isso eu garanto

    • bom dia a moto que me refiro acima com minha indignação por nao ter uma outra pra substituir fiquei um pouco bolado mas a honda já resolveu meu poblema o obrigado

  59. Olá Marcelo.
    Parabéns pelo seu MotordoMundo. Meu primeiro acesso e já me inscrevi.
    Também tomei conhecimento através do MotosBlog do Daniel; ambos excelentes e úteis.
    Já que tocou no assunto Ténéré, eu também quero comprar uma.
    Não gostei da XRE desde o lançamento (não fui com a cara mesmo), apesar do ABS que achei fantástico.
    Só que tenho um problema; minha baixura… hehehe…
    Tenho 1,69m e pernas curtas. Tem gente que tem 1,69m, mas tem pernas compridas…
    Nunca tive moto que não fossse street, a última uma CB 300.
    Resolvi experimentar o conforto de uma suspensão mais longa e pensei na Ténéré 250.
    Fui à revenda Yamaha e montei (sem pilotar). Não deu pra mim. Alta.
    Confesso que a moto me impressionou e fiquei muito interessado.
    Você sabe se tem um jeito de baixar um pouco a moto sem sacrificar o desempenho, a fim de que eu possa utilizá-la?
    Não quis perguntar na loja, pois a resposta, creio, não seria de todo honesta, ou, ao menos não seria isenta.
    ali que não tem 6 marchas… como é esse kit 300cc ao qual você se referiu numa resposta acima e como e onde pode ser feito o serviço.
    Taí! Será que não cabe um post sobre esse assunto?
    Mais uma vez, parabéns pelo Blog!
    Wilton Portugal

  60. infelizmente em menos de 4 meses minha moto queimou 2 bombas. Estou negociando uma lander.

    • A minha é uma bros 2011. Muito decepcionado com a Honda. Boa de condução mas quanto a tecnologia ie e conforto tem muito que aprender com a Yamaha. Um pouco mais cara a manutenção da Yamaha, mas o benefício é grandioso. Sem falar no farol merda da bros.

    • oi bom dia saiba se a moto com injecção roda muito tem na reserva lógico que a bomba vai queimar

      • Está certo Jorge, manter o tanque com a maior quantidade possível de gasolina, ajuda a refrigerar melhor a bomba de combustível e evitar assim o desgaste excessivo e possível queima. Deixando o motociclista na rua.

        Abraço e agradeço pela participação aqui no blog!

  61. parabéns pelo blog!
    amigo vc sabe me responder se a bros 2012,e 2013,ja regularizaram esse problema da bonba?
    agradeço…

    a bonba?agrade bobobonba.?agrade ffbonba?agradeoç

    • Olá André, não sei dizer se resolveram, na verdade para mim, só resolveria 100% colocando a bomba, que hoje é externa, dentro do tanque. O que sei é que lançaram a versão 125 cc dela, sem a injeção.

      Abraço!

  62. ola amigo… axei seu blog na pagina do Moto Terapia no face… bem bacana…. tenhu a primeira bros injetada 2009…tive muito problemas com ela e ainda tenhu…. ja foi tracada bomba… o corpo do acelerador e muito mais… ela perde muto a potencia dele… e de manha tenq esquenta ela c nao fika pipocando… mas agora q sei q foi diagnosticado issu vou pedir ao meu mecanico resolver issu… nen q tenha q mudar algumas pessas… valew pela dik…. abraço

  63. Saiu a nova NXR 125cc da honda, a mesma é carburada… Vale a pena investir nela? Por que na com IE é sinonimo de problema.

    • Olá Luiz,

      Para a minha pessoa, como eu digo no texto, a 150 pode ser dor de cabeça. Mas tem gente que diz usar ela a tempos e sem problemas.

      A Bros 125 pode ser a solução para quem não quer correr riscos, pois tem tudo de bom que a 150 tem em relação a ciclistica, suspensões e freios, só não tem a injeção.

      Sugiro que faça um test ride nela em uma concessionária, sinta a moto e veja se é isso que procura.

      Abraço

  64. Olá a todos; recentemente realizaei um velho sonho: comprei uma honda bros novinha em folha; entretanto não tenho experiência com motos grandes pois a minha era uma 125; uso a bros mais para passear nos fins de semana com minha esposa; gostaria que se possível o blog publicasse uma pequena lista dos principais problemas comuns a esta moto bem como, algumas dicas de manuteção; desde já obrigado e parabéns pelo caráter de utilidade pública do blog, aquém da verborragia.

    • Francisco, agradeço pelo seu comentário e parabéns pela moto nova.

      Cuidados, use o óleo original Honda, que é um bom óleo, troque nos intervalos do manual. ( Creio que na sua moto é a cada 4 000 km ) SEMPRE verificando o nível e completando com o mesmo tipo de óleo, sempre que necessário. Use sempre combustível aditivado, mantenha o tanque sempre o mais cheio que puder e se possível abastecendo sempre no mesmo posto, para evitar as adulterações que detonam o motor.

      Sobre a sua sugestão de post, está anotada!

      Abraço

      • vá a uma oficina e se informe sob troca de óleo trocando c 2 mil já esta preto imagine c 4 vai bater o motor

        • Olá Jorge,

          Penso no seguinte, o fabricante da moto possui um setor de engenharia de produto, onde inumeros testes são realizados para que os prazos de manutenção que aparecem no manual do proprietário sejam estipulados. Você acredita mesmo que uma oficina tenha mais conhecimento do que uma equipe de engenharia inteira? Ainda mais no caso da Bros, que é da Honda…você tem noção do tamanho da bagaça?

          E outra, a cor do óleo não indica NADA. São necessárias análises laboratoriais para verificar se o óleo ainda está bom, ou se perdeu suas propriedades de lubrificação do motor e necessita ser trocado. O fabricante Honda com certeza tem recursos para essas análises, e a oficina que você confia, tem também? Acho improvável…

          Resumindo, se você acha que é melhor trocar com 1.000 ou 2.000km rodados, troque. Eu troco no intervalo do manual, e com o dinheiro que não desperdicei com trocas desnecessárias, compro uma pizza e cerveja gelada para curtir com os amigos. Minha motocicleta atual está com 108.000kms rodados e não deu problema seguindo o manual e verificando o nível do óleo.

          Abraço!

      • Olá Jorge,

        Agradeço pelo parabéns, mas sobre o intervalo da troca de óleo,você olhou errado seu manual. Apenas a primeira troca é com 1 000 km, e as outras são a cada 4 000km rodados. ( Veja a página 6-2 do manual da Bros com injeção eletrônica ). Apenas lembre se de verificar sempre o nivel do óleo. Baixou? Complete!

        Abraço!

  65. Pessoal , estou com o seguinte problema na minha Bros 2009 , algumas vezes eu ando com ela em uma distância de 4 km no máximo e apaga e quando tento ligar ela de novo não tem jeito , então eu tenho que empurrar para faze-la pegar , apartir daí ando normal com ela , chego ao destino e então desligo ela na chave e volto a ligar e pega de primeira , então eu pergunto : como pode ser a bomba de combustível se mesmo ela estando quente eu consigo faze-la pegar depois que chego ao destino , por favor ,alguém me dê uma opinião , obrigado .
    Obs: não é sempre que acontece , minha moto esta com 4300 km rodados .

  66. Olá Marcelo tudo bem ?
    Bom, conheci seu blog através do Google devido a diversas pesquisas que venho fazendo para compra de minha primeira moto, acontece o seguinte, minha necessidade real é para trabalho pois eu trabalho longe de casa e fico todo dia 3 hs dentro de um ônibus para ir trabalhar e mais 3 hs para voltar e não agüento mais essas longas viagens e por isso vou comprar uma moto e não tenho experiência alguma com motos a não ser as aulas na auto escola, havia me interessado na Nxr 150 Bros Esd pelo fato de andar bem em qualquer terreno e ser econômica, porém seu post referente a mesma me desanimou, então Marcelo se possível gostaria de algumas sugestões com os seus conhecimentos para que me indique uma boa moto para ir trabalhar todos os dias, andei pensando na yamaha Fazer Ys250 e na Xtz 250 Tenéré.
    Parabéns pelo blog é muito interessante e informativo desde já muito obrigado.

  67. Amigo, tenho uma nxr150 bros mix 2010, que tirei zero. Já rodei 90000 km, com ela e até hoje não queimou nenhuma bomba. A unica coisa que deixou na mão por duas vezes, foi o cabo do acelerador. Minha unica reclamação que tenho dela é o vazamento de óleo pela tampa de valvula, pois tenho que trocar a junta a cada 10000 km.
    abraços.

  68. mais uma vez quero parabenizar os dois funcionários da motocar de botafogo que atende no setor de mecânica ele sao dez sem falar mais uma vez no sac honda esse e mil tive uma colisão leve com outra a minha saiu no preju então levei na motocar lógico q as peças que foi danificada nao tinha lógico foi pedido mas o proficionalismo dos atendendo foi dez liberam minha moto em dois dias para que eu nao ficasse sem por isso fico aguardando as pecas e andando na moto fico feliz com a agilidade desses excelente ? a moto e uma bros 12/13 otima nota dez recomendo boa noite a tds e uma feliz semana

  69. ESTOU PENSANDO EM COMPRAR UMA MOTO. A UQ MAIS ME CHAMOU ATENÇÃO FOI A BROS,MAIS VC FALOU ISSO FIQUEI TEMEROSO EM COMPRA-LA.QUAL MOTO SERIA IDEAL PARA TRANSPORTE DE CASA PARA O TRABALHO,DISTANTE DE +OU- 20KM??

  70. Tenho uma Bros 2010 e pego estrada com ela 1 vez por semana. Ela já tem 30 mil km rodados e o único problema que tive até hoje foi o velocímetro que parou de funcionar porque o cabo estourou…

  71. Meu pai tem uma bros 12 em é muito boa, nunca deu problema aqui no ceara andamos por estradas asfaltos e terrões, Considero a moto muito boa até hoje nenhum minimo problema só a troca de óleo, dirigi ela ja e na terra ela atende muito bem nas curvas anda bem legal, na areia não patina é bem legal. na estrada eu e meu pai ja conseguimos por comigo dirigindo pouco mais de 100 km/h entre 100 e 110 tipico da bros e sozinho ja puis um pouco pra baixo de 120 km/h , olha moto muito boa legal para os dois lugares .um porem para os invejosos da ;honda que falam da yamaha eu acho que eles teem razão apenas quando fala da fan 125 pois nãp vem com nenhum tipo de item a mais como partida entre outros perdendo para yes e ybr . mas em relação a Bros muito booa coisas quem falam a toa é inveja .

    • Olá Matheus, acredito que você foi infeliz no seu comentário…

      Eu como autor do texto, apenas publiquei a minha opinião sobre a moto, por isso mesmo no título você encontra escrito “ponto de vista”. Eu gostaria de comprar essa motocicleta, porém, além do desempenho do motor, que está abaixo da versão 150 carburada, a questão da bomba de combustível externa me preocupa. E como cliente, acredito que tenho todo o direito de não querer comprar uma moto e optar por outra. Se isso é ser invejoso, então preciso rever meus conceitos…

      E sobre os comentários dos outros leitores, acho improvável que alguém venha aqui, poste que teve problemas com a moto relacionados com a bomba de combustível apenas por inveja…não faz sentido.

      O blog é um espaço aberto para todos que gostam de motos se expressarem e trocarem informações, porém, comentários “bairristas”, aqueles onde a moto que a pessoa possuí é a melhor e todas as outras não prestam, não serão tolerados, pois não acrescentam nada ao assunto e ainda podem gerar uma discussão sem sentido.

      Sem mais

      • ok nao so quando se sente feliz com a moto se deve publicar algo como quando existe irregularidade da mesma agora vamos falar o que sentimos de verdade nao desvalorizar ou desclassificar a moto de um amigo

  72. Bom dia e parabéns pelo seu blog… Tenho uma BROS KS 2009 com aproximadamente 50000 km rodados e ando todos os dias 60 km (30 ida e 30 volta) a dois dias atras, faltando 100 metros para chegar ao trabalho a moto começou a falhar mas como estava chegando achei que poderia ser algum problema sem preocupações. Na volta pra casa não tive problema nenhum, ontem ao ir trabalhar novamente, faltando 1 km para chegar ao trabalho aconteceu de novo e foi complicado chegar ao trabalho, mas na volta a moto estava perfeita ( eu não estava entendendo nada) até faltar uns 10 km para chegar em casa onde começou novamente o problema… na metade do caminho parei, desliguei a moto, e esperei passar algum conhecido mas nada, liguei novamente e saí acelerando, pra minha surpresa, a moto estava funcionando perfeitamente, andei mais uns 2,5 km e voltou o problema, desliguei mais um tempo e acabei de chegar em casa.
    OBS: mesmo ela falhando ao andar pela via, quando eu paro, coloco no “ponto morto” ela funciona normal, não falha…
    Muito obrigado pelo espaço e gostaria de saber o que pode estar acontecendo…

  73. Eu tenho uma Bros 2009, que está com quase 80 mil quilômetros… Realmente, como já foi dito inicialmente, a bomba de gasolina esquenta e não funciona mais… É uma grande M.! Moro em Gravataí, Grande Porto Alegre, RS, e nos dias muito quentes eu já saio com a idéia de alguns pontos chaves para dar algumas paradas…. Já mais ou menos compreendi o tempo que leva, de acordo com o dia, quente, abafado, com vento, etc, para a bomba dar problema… Aí eu dou umas paradas estratégicas… Geralmente eu procuro sair pela manhã, quando está mais frio, mas nem sempre é possível…

    Hoje, depois de muito tempo pensando sobre o problema, estou realmente decidido em trocar de moto… Estou pensando na XTZ 250 da Yamaha… O que vcs pensam? É uma boa?

    Outra opção é comprar uma usada (carburada mesmo) tornado…

    Algué me dá alguma sugestão diferente?

    Abração

    Eduardo

  74. eu tive uma bros 2011 e ela começou a apresentar algums problemas em apagar do nada suspeitei da bomba ai fui no mecanico e ele disse q ñ era q ele passou um aparelho la e o aparelho ñ acusou nada e ela continou apagando depois ele acusaram o CDI da moto que tava desprogamado sera q é isso mesmo ??? agradeço

  75. meus amigos se vcs acreditam em papai noel,vou ser solidario com vcs,A honda tem como abrigação de resolver os problemas que vem causando aos seu clientes(propietário da bros) tenho uma bros e estou com o mesma bronca,recentimente fiz atroca da bomba de combustivél na autorizada da honda ,e a mesma estar apresentando defeito, estar sem força para injetar combustivél,só pega no empurrão,estou muito puto com a falta de respeito da honda,que não dá uma solução ! fica meu sentimento de mas uma propietário lezado pela honha!

  76. Meu amigos existe solução pra que as motos desse modelos ?
    troca por outro modelo de bomba?
    adpitar a bomba dentro do ranque? ou coisa que venha nos ajudar a sair desse buraco que a honda nos colocou!
    se tem nos informe com detalhes,por amor de JESUS CRISTO!
    grato!!!!!!!!!

    • Olá Milson,

      Não dá para trocar por outra, muito menos adaptar dentro do tanque. Além de ser arriscado essa “gambiarra”. Com o sistema de alimentação não se brinca!

      Solução. Compre a bomba nova e venda a moto funcionando.

      Abraço

  77. Estou com minha bros 2010/2011 na autorizada pra trocar a bomba, sendo que a 4 meses atrás jah havia trocado a mesma. Axo que vou repassar a mesma pra frente tendo em vista que segundo os comentários, não tem solução este problema. Mas creio eu, que com tanta reclamação, jah deveriam ter tomado uma posição( a Honda).

    • Oi Bia, tudo bom?

      Eu sinceramente não consegui ver uma solução para isso, além de tudo que já foi dito anteriormente aqui mesmo, seja no texto ou nos comentários. Ande com o tanque SEMPRE cheio, e com combustível de qualidade, de preferencia aditivado, lembrando que se sua moto for flex ( ou mix ) existe já o etanol aditivado.

      Essa modificação na posição da bomba exige grande modificações que representam um gasto considerável para o fabricante. E como isso não ocorre em 100% dos casos, a moto segue em fabricação com esse sistema.

      Abraço e agradeço por participar do blog, sua opinião é muito importante!
      Abraço

  78. e ae marcelo firmeza? olha cara, o que eu percebi neste blog, é que todas as pessoas que tem ou tiveram uma nxr bros, só estão reclamando da bomba. então quer dizer que a moto é muito boa sim, pois não estou vendo ninguém falar de pneus, faróis e outros acessórios, somente da maldita bomba!

    olha cara, eu pretendo comprar uma nxr bros em julho de 2013 e pelo que eu lí, essa tal bomba só falha de 8 em 8 meses, então qual o problema nisso? será que é demais gastar uns 500 reais de 8 em 8 meses para consertar essa tal bomba? cara, moto é assim mesmo, qualquer moto dá problema, especialmente as 125cc fan e 150cc titan que são verdadeiras porcarias. sei disso porque meu irmão tem a fan, e a moto dele deu mais problema em uma semana, do que minha bike em 1 mês! e qual sua opinião sobre a broz? tirando esse probleminha da bomba? ela não é uma boa moto?

    ah, e muito parabéns pelo seu blog, pelo menos agora eu sei o que me espera, mas não é nada que não possa resolver! fique com deus marcelão, abraços, é nóis!

    • Olá Vabner,

      No texto eu falo exatamente isso. Que esse modelo “peca” pela escolha da bomba de combustível externa, pois de resto, eu não tenho do que reclamar desse modelo.

      Sobre seu ponto de vista de que comprar de 8 em 8 meses uma bomba nova não é problema, e que qualquer moto dá problema, eu discordo. Moto com a manutenção em dia não tem problema, a não ser que o projeto tenha algum defeito. Por isso é essencial fazer uma boa pesquisa antes da compra e após a compra manter a moto com peças originais e manutenção sempre em dia.

      Lembre que com esses 500 reais você poderia pagar todas as taxas de moto no ano, e ainda sobra grana para gasolina, ou a troca de peças que se desgastam normalmente. Motos com essa cilindrada são para quem procura economia, e “rasgar” 500 reais a cada 8 meses não combina com isso. Lembrando que essa é minha opinião. Se acredita que esse modelo é o ideal para você, compre ela e torço para que seja muito feliz com ela. Moto é para isso mesmo! =)

      Forte Abraço e espero que tenha te ajudado.

  79. Vabner e quem pagou 1.200 em menos de 6 meses???pois a bomba da minha queimou 2 vezes, na verdade dentro de 4 meses, neste momento as 21:38 do dia 29/12 ela esta na autorizada da honda esperando que as peças (bomba, filtro e mangueira) cheguem….

  80. tenho uma bros2009 já troquei a bomba agora depois de um ano começou de novo com msm problema quanto esquenta começa a corta fica sem fossa o q eu devo fazer?

  81. ai vejo tanta gente falar na bomba da bros já fiquei c medo peguei uma 12/13 a dois mezes aproximadamente teve poblema me deixou lógico muito puto mas a mesma resolveu então ai uma decepção no inicio mas na verdade foi tudo resolvido já esta c 11.000 rodado pois sou muito feliz c a mesma e maravilhosa lógico se vc ver abaixo vc vai falar mas o cara criticou sim nao a moto o tempo como a concessionária deu para me retirar a mesma mas hoje estou super feliz boto 120 vai legal nota 9.8 gostei muito muito boa valeu galera

  82. MARCELO, SE ADAPTAR ISOLADOR TERMICO SOBRE A BOMBA, VC ACREDITA QUE SOLUCIONARIA O PROBLEMA? É A BOMBA QUE ESQUENTA OU O MOTOR QUE ESQUENTA A BOMBA, OU AMBOS?
    ABRAÇO, DEIVES.

  83. Ola galera , ja tive honda biz100 cg , twiter e agora broz e nunca ,REPITO NUCA DEU PROBLEMA, agora a broz esta com uns 35,000 km , e esta boa E EU DOU PAU , nao tenho medo de acelerar e nao tenho medo de estrada , mas o segredo É MANUTENÇAO , as honda de 1000 em 1000 km tem que ir pra revisao senao elas dao pau mesmo ! nunca mas Nunca mesmo ande com motor injetado com pouco gasoina ou perto da reserva , queima a bba de comb, e pode dar pau , ok .

    • Olá Paulo,

      Concordo que manutenção é o segredo para o bom funcionamento de qualquer motocicleta, porém, revisão de 1000 em 1000 considero um exagero, pois o programa de manutenção que consta no manual da moto apresenta intervalos maiores e uma grande pesquisa foi feita para chegar aos numeros apresentados ali. O manual deve ser seguido a risca e a moto não pode dar problemas. Simples assim.

      Abraço

  84. Ola, galera! Tive o problema com a bomba de combustível da BROS 150, 2009 injeção (gasolina), toda vez que aquecia a bomba o motor parava, encostava e jogava água na bomba para esfriar era o jeito à noite na rodovia! Em dezembro de 2011 troquei por outra BROS MIX 2011/2012, ate agora não deu problema, fiz a revisão de 1000 km, 4.000 km e pulei as outras e deixei hoje na concessionária para revisão de 15.000 km ate agora não deu problema e mecânico orientou a não andar na reserva, quando chega ao meio tanque abasteço. Mudança da bomba de combustível da BROS 2009 o corpo é de metal e a BROS 2011 é de plástico, segundo o dizem por ai é que aquece menos.

  85. desculpe a pergunta , este corpo da bomba de combustível de metal não pode ser trocado por uma de plástico ?
    Obs: Eu tenho uma Bros2009 e aquece demais .

  86. ai galera ja tive tornado 660 xre mas essa bros 2013 veio muito boa parece ate que veio com mais cilindrada tem alguns comentários q ela nao passa de 100km o piloto e muito ruim na minha 120 e muito tranqulo

  87. Quanto ao assunto bomba de combustível da Bros , será que não é possível desenvolver uma bomba mais resistente ao calor ? , talvez seja a melhor maneira de resolver este problema , e acho isso bem possível , tecnologia temos para isso . Vamos lá Honda !!!

  88. Olá, li todos os comentários e achei muito bacana todos eles, pois são relatos verdadeiros de quem está na rotina da moto.
    Estou ainda na duvida. Estou para com comprar uma Bros 2011 ou a 2010. Acho que a bomba nao será impecilho, já que rodarei poucas kms ou será? Queria saber se é mais caro a manuntençao e o seguro? E de manuntençao, o tenho q trocar? É oleo, pneu e filtro? De qto em qto tempo ou km?
    Outra coisa mto importante: é necessário ter FREIO A DISCO?? Se nao tiver há mtos riscos para mim q sou novato?? (obs: nunca andei de moto, será a 1).
    Obrigado, suas opinioes são mto relevantes para mim e parabens pelo blog Marcelo, SENSASIONAL MESMO!

    • Olá Matheus, agradeço pela sua participação, mas vamos por partes.

      Não posso afirmar se vai ou não dar problema, pois depende do modo que pilota e de como cuidará da moto. Como leu os comentários, pode constatar que não é um problema que afeta todas as motos.

      Sobre seguro, recomendo que procure um corretor e faça uma cotação, pois dependendo do seu perfil pode ser barato, ou pode ser muito caro. Mas já adianto que em relação ao valor da moto, quase ninguém coloca essa moto no seguro.

      Sobre manutenção, as motos da Honda costumam ter a manutenção barata, além das infinitas marcas que produzem as peças de reposição e são facilmente encontradas em motopeças. Volto a dizer, se manter a manutenção em dia, não terá sustos.

      Sobre o que trocar, na moto vem o manual do proprietário. Siga a risca os prazos estipulados nele de troca de peças e não terá problemas, simples assim.

      Sobre o freio a disco, simples, se puder comprar com ele, terá mais segurança.

      Espero ter ajudado.

      Abraço

    • Oi Luciane, como eu disse no texto, isso NÃO é uma regra, mas acontece bastante.

      Senão aconteceu contigo, ótimo! Afinal moto é para alegrar! =)

      Abraço

  89. Se é regular ou nao, nao interessa. O que é de se admirar é a atitude de montar um blog que trate desses assuntos e ajude a quem tem duvidas. Regular ou abaixo da crítica é não fazer nada!
    vleu

  90. OLÁ
    LI TODOS OS COMENTÁRIOS E ADOREI O QUE LI!!! INCLUSIVE O QUE FALAM DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL DA BROS 150 IE!
    TENHO UM EXEMPLAR DESDE 2009 DE UMA BROS150IE 2009 QUE PEGUEI 0KM E HOJE ELA ESTA COM 35.000KM E REALMENTE EU TIVE ESSE ÚNICO PROBLEMA COM A BOMBA DE COMBUSTÍVEL, EM 2011 COM 15.OOOKM, ELA FICAVA FALHANDO E NÃO TINHA MAIS POTÊNCIA NO MOTOR, EU LEVAVA PARA OFICINA E ELES MANDARAM EU TROCAR O FILTRO DE GASOLINA, O FILTRO DO AR, A VÁLVULA, O ÓLEO DO MOTOR, KIT TRAÇÃO, KIT FORÇA, LIMPEZA DO BICO INJETOR, ESVAZIAR O TANQUE E TROCAR A GASOLINA ENFIM, TUDO QUE SE PODE TROCAR E FAZER EM UMA MOTO PARA ADQUIRIR MAIS POTENCIA!!!! NÃO DEU CERTO ELA CONTINUOU FALHANDO E SEM POTÊNCIA. KKKKKK DAI UM BELO DIA UM AMIGO MEU ME INDICOU UM MECÂNICO DE SUA CONFIANÇA E BINGO!!KKKKKKKKKK ELE ME PERGUNTOU SE EU HAVIA TROCADO A BOMBA DE COMBUSTÍVEL, EU DISSE QUE NÃO, DAI ELE FEZ O TESTE DA PRESSÃO DA BOMBA DE GASOLINA E DIAGNOSTICOU QUE O ÚNICO E EXCLUSIVO PROBLEMA ERA E BOMBA DE COMBUSTÍVEL!!! KKKKKKKKKKK FIQUEI TRISTE POR NÃO TER TROCADO ANTES A BOMBA E FIQUEI FELIZ POIS EU ESTAVA COM UMA BROS150 TODA NOVA DE NOVO, REVISADA E COM PEÇAS NOVAS.. KKKKKKKKKKK
    ME DE SUA OPINIÃO!!!
    VOU TROCAR MINHA BROS150 2009 POR UMA FALCON400IE NO FINAL DE 2013/2014. O QUE VOCÊ ACHA DA NOVA FALCON??
    OBRIGADO PELA SUA ATENÇÃO…..
    ATENCIOSAMENTE ANDRÉ PAIXÃO.

    • Olá André, agradeço pelo seu comentário, e depoimento, isso ajuda os outros proprietários na correta análise do problema.

      Sobre a troca de moto, a Falcon é uma baita moto legal, porém, custa muito caro pelo que oferece. Porque não vai para uma 250 como a Ténéré ou Lander, ou 300, como a XRE. Esses modelos tem uma relação custo benefício bem melhor do que a Falcon. Eu particularmente gosto muito da Ténéré, inclusive, escrevi sobre ela aqui no blog. Dá uma lida clicando aqui.

      Em breve a Honda está colocando no mercado a CRF 250L, que tem o mesmo motor da Honda CBR 250R, e que substituirá de maneira honrosa a extinta Tornado. Talvez, essa pode ser sua próxima moto, pois até o fim do ano, ela já estará no mercado.

      Espero ter ajudado um pouco.

      Abraço

  91. GOSTEI MUITO DA SUA DICA E VOU ANALISAR COM CARINHO AS MOTOS CBR 250R, TÉNÉRÉ E XRE300.
    VALEU E PARABÉNS PELO SEU BLOG É FANTÁSTICO E MUITO CRIATIVO….
    ABRAÇOS…

    • Cara, fico feliz em ajudar, só ratificando, a tecnologia do motor da XRE 300 é inferior ao da Yamaha. Atente-se a isso na hora da escolha.

      O blog ainda tem muito que melhorar, é que está faltando tempo para poder gerar um conteúdo com a qualidade que eu desejo.

      Abraço

  92. Tenho uma Brox 150 mix ano 2010. Infelizmente com 20 mil km a bomba de gasolina queimou.
    Quase morro, pois a bomba deixou de funcionar em uma avenida muito movimentada e sem acostamento.
    Mandei arrumar, gastei:
    Custo de uma bomba nova: R$ 350,00
    Mão de Obra: R$ 120,00
    Agora a moto está com 40 mil kms e vivo com medo de acontecer novamente, pois para do nada… é perigoso d+
    Então não aconselho a comprarem a Bros enquanto a bomba de combustível estiver na parte externa.

    • Olá Jeronimo,

      Se a Bros 125 que se refere é a recém-lançada, ele é exatamente o mesmo que a versão 150 usava até o ano passado, quando recebeu um banco óptico maior e mais eficiente. Ele é bom sim. Mas se for da Bros 125 antiga, é bem fraquinho…

      Abraço

      Abraço

  93. Ola amigo, acredito que a minha moto esteja com o mesmo problema (bros 2011 es), veja só, à dois dias eu notei que ela perdia força até desligar, as vezes perde a força mais não chega a apagar por completo, até mesmo em neutro com a moto parada percebe-se que as vezes ela ameaçar apagar… penso que poça ser a vela ou combustivel. A moto tem apenas 13mil km. Obrigado, até breve

  94. Tenho uma bros 12/12
    Esta com 10mil rodados e nunca tive problemas…
    Sempre estou atento em tudo.. desde calibrar pneus ate trocas De oleo e revisao.
    Abasteco sempre no msm posto e com gasolina comum…
    Nao Tenho Oq reclamar anda bem (36km por litro) e ate hj nao me deu problema.

  95. tenho uma 2011 nunca tive problemas com ela, tah com 21mil km olha q eu sempre limito as marchas em relação a bomba eh soh n deixar acabar o combu pra n esforçar, e nunca usar soh etanol eh sempre bom por gasolina o alcool corroi muito…

    • Olá Marcelo,

      Concorda que se a moto é vendida com a propaganda de que pode ser usada tanto 100% com etanol, quanto 100% de gasolina, ou qualquer mistura entre eles, não usar só etanol é não usar 100% o que comprou?

      Se eu compro uma moto flex, vou querer usar 100% etanol, e ela tem que funcionar bem e durar, afinal, foi desenvolvida para isso.

      Abraço

  96. olá pessoal do blog,reparei que assim como eu muitos usuários de motos chegaram até o blog devido aos problemas causados pela bomba de injeção das motos honda continuo tentando resolver o problema, pois sou mecânico de motos há 14 anos e mesmo com boa experiência em injeção eletrônica estou tendo dores de cabeça com uma bross 2009, gostaria de comentar que talvez o fato de somente a bomba de combustivel não ser interna ao tanque não justificaria completamente as paradas de funcionamento pois possuo uma moto do tipo “tiquinho” ou melhor, “peças de uma,peças de outra” pra terem ideia ela é composta de quadro da xlx 350, motor da fazer 250, suspensão traseira com freio a disco da xre 300, kit plastico da crf 230,na parte de injeção ela usa uma bomba externa de combustivel do kadete 1.8,regulador de pressão de combustivel do omega e demais componentes eletrônicos são originais da fazer 250 é o tipo de moto que não tem renavam e sim alvará de construção hehehe..estou com ela há 4 anos já rodei aproximadamente 50.000km fasso trilhas e enduro com ela e nunca foi preciso trocar a bomba que mesmo original me custou somente R$120,00 pena que quando tentei põr numa bross 150 09 o sistema de carga da bateria não carrega tão bem quanto o da fazer e a bateria que acompanha a bross é somente de 5ah,mas continuarei tentando por aqui,abraço e parabens pelo blog mantenha-o firme pois precisamos trocar conhecimentos…

    • Olá Wanderlan,

      Manda no email motordomundo@gmail.com uma foto dessa moto que construiu! Confesso que fiquei bem curioso!

      Sobre seu comentário sobre a bomba externa, peço licença para dar minha opinião. O unico item que pode ser comparado entre a bomba de combustível do kadett e a usada na Bros é apenas o fato de ser externa, pois são projetos completamente diferentes. Realmente você fez um comentário correto, pois apenas o fato de ser externa não justifica o problema, mas sim, uma bomba mal projetada para a aplicação, no caso, a Bros. Talvez, como você mesmo disse, a bomba do kadett, se adaptada na Bros, nunca mais desse problema. Porém, é preciso ver questões como pressão de trabalho da bomba, para não “desestabilizar” o sistema. Como assim? Eu explico. Se a pressão gerada pela bomba do kadett for muito maior que a da Bros, o regulador da Bros pode não “dar conta” de regular a pressão e ai a injeção ficará maluca.

      Pense nisso.

      Abraço! (e estou esperando as fotos…)

      • olá bom dia,realmente o projeto é bastante diferente e quanto a pressão da bomba do kadett ela trabalha com 4kgf/cm² e não usei o regulador de pressão da honda devido ser muito sencivel a entupimento de suspiro da tampa do tanque,usei o regulador de pressão do omega que estabiliza a linha de combustivel em 3kgf/cm² que é o suficiente para manter o bom funcionamento,pra ter ideia quando montei a adaptação fiz uma viagem de 90km com o manometro de pressão ligado a moto porque estava ainda em fase de teste e manteve a pressão independente da velocidade, mais um detalhe é o uso de um relê de buzina do tipo 4 pontas para intermediar a bomba e a central de comando pois a central desliga a bomba por ela necessitar de mais corrente que a original este relê estabiliza esta função esta moto está com autonomia de 28km/l, o motor 150 funciona normal com esta adaptação a bateria e o sistema de carga é que é pobre para mante-la funcionando enfim vou tirar umas fotos e postar ou fazer um video e postar o link para observarem melhor o funcionamento pois com 4 anos de feita e sem defeitos acredito que não ficou tão ruim assim. abraço…

  97. Meu nome é Gérson

    Caro amigo tenho uma bros 150 2010, to loco pra entra na justiça contra a Honda queimou a bomba de combustível com 5620km.

    Vou te explicar pedimos apoio do ministério publico faremos o seguinte

    1- Pedimos judicialmente apreensão dos documentos de serv da concessionária que prestam assistência a Honda em todo o Brasil, referentes aos concertos feitos nas motos;

    2-Verificamos os donos das motos entramos em contato com eles e pedimos para uma advocacia nos representar judicialmente;

    3-Pedimos ressarcimento dos prejuízos devido a ma fabricação desta moto.

    Obs: O ministério publico só nos apóia se for caso de má fé e estiver prejudicando mais de uma pessoa Precisso de apoio.

    Precisamos faser uma campanha um protesto para que ou façam recal testa moto bros para solucionar definitivamente estes problemas mecânicos;
    Estou planejando mais a frente devemos protestar nacionalmente na frente de todas a concessionária da onda ou só nas que prestam assistência;
    Vamos forçar a eles a se retratarem, vamos nos unir não só nós mas em todo o Brasil, confirmei neste não é só um caso mas vários sit http://www.zap.com.br/revista/carros/ultimas-noticias/honda-convoca-recall-das-motos-nxr-150-e-bros-xre-300-20100331/ não é só um caso mas vários.
    Somos vitimas devemos lutar vamos compartilhar esta mobilização temos que sustentar nossas famílias e não queimar dinheiro.

    Meu nome é Gérson / Meu emal é chakalldsf@hotmail.com

    Nos reuniremos em nossas cidades e nos mobilizaremos nacionalmente

    Aguardo contato

  98. Comprei em janeiro de 2012, uma bros 2009/2010 de segunda mão, após 30 dias montado, a moto apresentou problema na bomba de combustível, que logo troquei, em menos de 90 dias a bombo nova apresentou problema novamente, fui na concessionária e ela trocou, pois estava na garantia. Hoje: 30/03/2013 fui fazer manutenção e a bomba apresentou problema novamente. Ando injuriado com minha moto, no entanto gosto muito do conforto da bros. O mecânico da concessionária honda de Juazeiro – Ba falou que a nova bros 2013/2013 vem com reparo pra bomba. Alguém confirma isso?!

  99. Lendo sobre esse problema da brós 150 2009 em relação a injeção, tive uma curiosidade, é possivel substituir a injelção pelo carburador?
    Sobre a bros 150, tenho uma e sempre que faço percurso distante sem parada, ela começa a falhar, funcionando normal apenas em baixa rotação (baixa celeragem) e, quando ando algum tempo em baixa rotação, ela volta ao normal. A temperatura da minha região é muito quente (nordeste), talvez isso contribuia para esse problema como já foi mencionado. Parabéns pelo o espaço e pelas informações prestadas. OK!!!

  100. Uma grande dica para a bros com IE: jamais deixe a moto com pouca gasolina (pô, é uma 150… facil facil manter o tanque pelo menos na metade) o marcador de gasolina nao pode chegar ao vermelho, senaaaao… rsrsrs

    • Eu gostaria que fosse apenas isso a solução Marcos, mas vale a dica para quem tem esse péssimo hábito de deixar pouco combustível no tanque. Isso vale para qualquer moto com injeção.

      Abraço

  101. Cara, tenho uma cbx 200 há dois anos e sou muito satisfeito com ela em relação a desempenho, estética, etc. Esses dias apareceu uma grana e pensando em comprar uma Bros. Colega meu tá vendendo uma 2011 ESD con 14 mil rodados. por 6500,00. to achando o preço convidativo. Mas tenho medo de encontrar problemas em relação a Ienjeção Eletronica. Rodo em média 50 km por dia com velocidade média de 100 km/h. To pensando em trocar de moto justamente porque quero viajar pelo menos uma vez por mês 600 km de ida e volta. Não me sinto seguro em fazer essa viajem na minha cbx 200 ano 97. Moto velha né… nunca de sabe.. Por exemplo: uma vez fiquei no prego porque queimou o estator. Mandei refazer à mao , isso há 2 anos… daí tenho medo de queimar denovo a qualquer momento.Ou queimar a bobina de ignição por exemplo, etc. O que acham do meu caso ? A bros seria uma boa ou má escolha ?

    • Minha resposta é simples. Não será uma boa troca pelo uso que no seu comentário pretende fazer com a moto. Compre uma Lander usada, uma Tornado, ou até mesmo uma Twister com esse dinheiro, que terá feito melhor escolha.

      Abraço

  102. comprei uma honda bros ano 2009, é uma bosta já comprei 3 bombas de combustivel , vou comprar no mes de abril de 2013 a quarta bomba, uma bomba por ano obrigatorio, a moto devia se chamar HONDA BOMBA BROS

  103. Olá…tenho uma bros 2009 e em dias quentes e de sol é muito difícil sair com ela pq depois de uns 10km ela começa a falhar até para e tem que esperar ela esfriar um pouco pra poder andar de novo e vai e ai já num dá pra andar muito até ela para de novo…num sei o que fazer…alguém já conseguiu resolver esse problema? o que tenho que trocar pra resolver?….Muito Obrigado!

    • edy Ricardo em alguns casos este problema acontece devido a entupimento de suspiro da tampa do tanque, parece pouco provavel para quem não é mecanico mas mesmo em motos carburadas em dias quentes o gas proveniente da gasolina aumenta a pressão dentro do tanque impossibilitando a descida do mesmo.tire a tampa e sopre para certificar pois pode ser resolvido com este simples procedimento.

    • ai galera mais um defeito em minha bros monochoque cx de direção arvore de comando e agora disco de embreagem isso tido ja foi trocado olha ela e 12/13 imaginem que merda

  104. ola boa tarde , seguinte gostaria de saber se o bloqueador na motor “bros 2009″ pode gera falhas quando o motor esquentar,….

  105. Olá ,tenho uma bros 150 ,ano 2011,modelo 2012,é já comprei ela usada.Depois de alguns dias de uso apesar de andar muito pouco com ela,sempre depois de sair e fazer a primeira parada em semafaros ela apagava ou quando eu precisava fazer uma reducão de marchas ou até mesmo quando ao embrea-la independente a marcha ela afogava mesmo assim.Levei ela na honda e fizeram todo tipo de teste e não foi detectado nada de problemas.A unica coisa
    que fizeram foi voltar a injeção eletronica na configuração de fábrica.Funcionou por pouco tempo e depois de uns 50 km percorridos voltou a dar o memso problema.Peguei ela com 27.000 km rodados.

  106. Tenho uma bros 150 2009 super conservada ja troquei a bomba faz um ano mas parece que esta pedindo outra pois falha muito ninguem consegue achar o problema …

  107. A moto é flex 2010 modelo 2011 e a bomba já não funciona com 20.000,00 km. Coloquei álcool e agora não funciona mais com gasolina, agora tem que trocar a peça e honda não cobre.

  108. meu nome é joão gomes sou mecânico e acho que todas as bombas são de iguais eficácia sendo a da bros por ser abaixo do nível no caso fora do tanque requer um cuidado maior andar sempre com o tanque acima do meio para dar maior gravidade e aumentar em se a pressão da gasolina sobre a bomba. quanto a refrigeração o ar é muito mais eficiente que o liquido. resultado tanque cheio e nada de detonar motor com moto parada. é minha opinião. valeu?

  109. caro marcelo seu blog é 10 cara parabéns, comprei uma Bros ano 2010 do meu sogro e ela queimou a bomba com 16 mil rodados, pense num presente de sogro, tem donos que estão trocando e colocando carburador nas suas bros para evitar esse problema e outros mudando o bomba de combustivel de local para ventilar melhor vc acha que pode dar certo e se vc da alguma orientação para que essa peça tenha uma vida util mais longa, tendo em vista que eu tinha uma titan mix 2009, a se arrependimento matasse eu estaria no caixão agora, comprei a bros na empolgação de ter uma moto maior me dei mal, acho que até agora meu sogro está rindo, como diz o eterno “CHAVES, 13 PESSOAS ENGANADAS EXTRA”.. ABRAÇO

    • Cara, além de tudo que já foi dito aqui, no texto e nos comentários, não tem o que fazer. Conserte a moto e venda.

      Sucesso ai amigo. Abraço!

  110. Ola… estou querendo comprar uma bros 2013, mais estava em duvida entre a titan 150, qual das duas vc aconselharia eu pegar, melhor, confortavel, entre tudo!!!

    • Se você SÓ estiver na dúvida entre estas duas, eu indico a Titan 150. A ciclística da Bros é melhor e oferece mais conforto ao piloto, mas não me agrada estão questão da bomba de combustível externa, que na Titan é interna. Se puder, procure por uma Yamaha Lander usada. É bem mais moto que a Bros e você vai gastar o mesmo, senão menos, que na Bros nova. Pense nisso.

      Abraço

    • caros amigos a honda lançou bros 125 carburada, essa moto é boa economica e manutençao baixa.

      • Nem tanto Orlando…nem tanto…ela realmente é econômica, mas porque o motor é bem fraquinho. Logo, se vai andar com garupa, não recomendo a Bros 125.

  111. Meus amigos!!! Depois de 3 meses com a Bross 150cc eu vi a burrada que fiz em adquirir esta moto. Já gastei 380 reais com a bomba de goasolina pois o fabricante falou que a culpa era minha por andar com a moto poucos kms na reserva. É mole? A moto têm reserva mas não pode ser usada. Eu fui obrigado a desembolsar quantia. Honda nunca mais…….

    • Sei como é frustante lidar com uma situação desta, mas sugiro não generalizar, existem motos muito boas no line-up da Honda, assim como existem modelos ruins e ótimos em todas as marcas. Procure pesquisar muito antes de fazer a próxima escolha, assim evita dor de cabeça.

      Abraço

  112. Olá,estava procurando pós e contras a respeito da Bros 150 e acabei achando este blog,por sinal muito bem esclarecedor e comprometido em tirar as duvidas das pessoas.
    Bom,apesar de ter encontrado este blog eu já havia adquirido uma Bros 150 2010 usada mas muito bem conservada com apenas 15Mil km rodados e que ainda não apresentou nenhum problema aparente,ainda não tinha ciência do problema com a bomba(espero que não ocorra comigo ;) ),sou aquele aventureiro de fim de semana,gosto muito de pescar e pego uma estradinha;mas nela estava dando preferencia no abastecimento somente no Álcool:Uma por ter um valor mais viável e outra por ter um explosão maior e ganhar assim um pouco mais de velocidade na estrada,mas depois de ler alguns comentários,vi que o Álcool acaba sendo um pouco prejudicial ao motor ,gostaria de saber se é verdade,se devo ou não continuar com o Álcool ou mudar para a gasolina ou então a mistura dos dois combustíveis por ela ser flex.

    Desde ja fico grato!
    Abraço.

  113. Amigo, estou com esse mesmo problema, tenho uma bros150 2009, quando ela esquenta desliga em movimento, já troquei a bomba, fiz limpeza de bico,troquei os filtros e não sei mais o que fazer pra resolver esse problema, o que vc me recomendaria a fazer agora???

    • Se tiver um colega que tenha a mesma moto, sugiro que faça um teste trocando a bobina de ignição e vela de ignição. Já tive um problema assim, se esquentar e a moto não funcionar mais, ai depois de um tempo desligada, ligava de novo. Era problema na bobina de ignição.

      Detalhe importante. Evite usar peças de reposição nesse caso, pois a probabilidade de comprar uma peça ruim e ficar mais perdido ainda não é tão pequena quanto deveria.

      Abraço

  114. Brother, sensacional seu blog, Parabéns;

    sabe se a Bross 2013 continua apresentando esses problemas ?
    entre ela e a factor qual seria sua opinião ?

    fiquei com medo agora, de pegar a bross e ir pra praia e ficar na estrada, sacanagem …

    bom aguardo sua resposta .

    • Olá Philipe,

      Não sei dizer se mudou algo. Aparentemente a última mudança foi apenas estética e a injeção segue igual.

      Sobre a dúvida entre Bros e Factor. É complicado dizer, pois depende do que você espera de uma moto. A bros com sua suspensão de curso longo e pneus mistos, é mais divertida e confortável em pisos irregulares, como na cidade de são paulo. A factor é simplista e adequada para quem procura uma moto como meio de tranporte apenas. Para ir ao trabalho, escola, no mercado e só. Entre as 2 eu ficava com uma Lander usada. Uma moto muito melhor pelo preço de uma Bros nova. Só lembrando que o custo de manutenção também é maior, então se está contando as moedas para comprar sua nova moto, pense nisso, pois poderá se complicar para manter a Lander em dia. Eu tenho uma Ténéré e estou bem satisfeito.

      Espero ter ajudado.

  115. he ai blz Marcelo
    comprei uma bros 2012 seminova na honda estou com ela já tem oito meses vou todos os dias com ela trabalhar e nesses dias tive uma surpresa na hora do almoço peguei a moto e fui dar uma volta parei ela coisa de três minutos quando fui ligar ela não quis mas ligar deixei ela no serviço de manha ela pegou normalmente, percebi que quando ela aquece tá dando esse problema pq fui pra casa no coro ai fiz o teste desliguei ela ai meu amigo ela não pegou mas o que pode ser ?aguardo sua resposta gostei muito do blog muito bom

  116. cara amigo tenho uma porcaria de uma bross 2010 que já queimou a bomba umas duas vezes ,ou talvez não pois muitas oficinas e ate a própria honda abusa.
    gostaria de saber quando a bomba esta realmente queimada?
    gostaria de saber quando a bomba esta realmente queima

  117. manin tenho uma bros 2009 a primeira injetada pois nao tive problema com ela na cidade no tempo de verão e tudo mais, mas num belo dia de verão com 40c tive uma falta de resposta do acelerador da bros, procurei saber o que era a moto ja estava com 60mil KM rodada fiz o motor de cima pistao, passado 4mil KM resolvi subir uma estrada chamada limeira e senti mesma coisa percebi entrao que o aquecimento do motor em tempo de calor, com força de marcha 1 e 2 sobre aqueceu a injeção começa a falhar. sobre o devido mau colocação da bomba em lugar errado. isso realmente e fato da bros ela nao serve para lugares com muito calor e pouca velocidade. como um offroad em uma serra.

  118. é uma pena que uma marca tão conceituada como a Honda além de não tomar nem uma providencia ainda deixe o seus usuários passando raiva com esta porcaria

  119. Olá meu amigo, bom dia…
    Eu tive esse problema com a bomba de gasolina esse fim de semana, confesso que passei muita raiva (muita mas muitas mesmo)…uma pena porque particularmente eu adoro minha moto (bros esd 150 /2009) ela me atende muito…mas depois dessa estou querendo desfazer dela…tive que ir de posto em posto jogando agua na bomba de gasolina para resfriá-la e continuar minha viagem… Saberia me informar se eu efetuar a substituição de tal peça resolveria o problema? Abraço..

    • Sinceramente, não sei. Pelos comentários nesse mesmo post, você verá que tem moto que nunca aconteceu isso, e tem moto que aconteceu mais de uma vez.

      Eu ESPERO que não aconteça mais contigo, porque moto parada é um saco.

      Abraço

  120. AINDA BEM QUE ACHEI ESSE SITE EU IA COMPRAR UMA BROS 2013 AMANHA LENDO ESSE MONTE DE RECLAMAÇÃO DOS USUARIOS DESTI VOU PEGAR MESMO UMA CG 150 ESD 1200 REAIS MAIS BARATO QUE A BROS E NAO TEM PROBLEMA DE QUEIMA DE BOMBA CONVERSEI COM O MECANICO DA HONDA AQUI NA MINHA CIDADE ELE FALOU QUE TODO DIA APARECE BROS PRA TROCAR BOMBA DETALHE ONDE EU MORO NEM FAZ TANTO CALOR OBRIGADO SALVOU MINHA VIDA KKKKKKKKKKK

  121. Uma outra pergunta desisti da bros vou pegar uma cg esd 150 ouvi umas pessoas dizerem que o painel da cg vai mudar vai ser igual da cb 300 digital agora em dezembro quando a honda lança a linha 2014 sera que isso é verdade se for melhor esperar uns meses e comprar a moto so em dezembro o que vc me diz amigo

    • Se for pegar 0 km, espera o salão duas rodas, que acontece em outubro, pois todas as marcas costumam trazer novidades. Se for comprar usada, manda bala e compra hoje mesmo.

      Abraço!

  122. Olá amigos, parabéns pelo excelente blog! Infelizmente também aconteceu comigo hoje, na verdade a dois dias a minha Bros/2010 começou a falhar, porém como estava para trocar a bateria mesmo, preferi comprar a bateria e verificar se não seria a mesma com problema. Após a troca tudo beleza, a moto funcionando uma maravilha, porém, hoje, indo ao trabalho +- 32 Km da minha casa, a moto perdeu a aceleração e quando parei no acostamento ele morreu e não pegou mais. Liguei para um amigo e ele me mandou dar uma olhada na bomba para ver se não havia desconectado nada. Empurrei até um posto próximo e com mais segurança, fiz uma vistoria nos conectores da bateria, alarme, vela e outros mais, tudo aparentemente no lugar. Foi quando esse meu amigo me ligou e pediu para dar umas batidas na bomba de combustível, afim de destravar (palavras dele), para a minha breve felicidade ela voltou a funcionar. Subi na magrela e continuei o percurso, mas… ela voltou a falhar e me deixou a pé. Minha Bros já está com 47000 Km, bem acima dos relatos aqui descritos, acredito ter sido o combustível que uso (Podium – Petrobras) que ajudou nessa longevidade da bomba, e manutenção preventiva. Começarei a busca pelo menor preço no RJ, pois na honda está inviável, cobraram R$ 468,00 + mão de obra.
    No geral diria que estou satisfeito com a minha BROS, pois esse é o 1° problema apresentado após 3 anos de uso diário e 47000 km rodados.
    Lembrando que fiz todas as revisões (4 em 4Km) na própria honda.
    Um forte abraço a todos, e fiquem com Deus!

    • Seu problema é simples de resolver.
      Primeiro você deve vender sua Bros 150.
      Segundo compre uma XTZ 150 e seja feliz para sempre ou enquanto você ainda tiver a moto .

  123. Olá Marcelo,
    Muito bacana o suporte que você tem prestado a essa legião de interessados. Raro ver um blog com qualidade de conteúdo e tanto empenho na sua conservação. Li os posts desde o início até Jun/2012. Não vi perguntas ou debates sem respostas o que é surpreendente. Caí aqui como leigo e porque vou comprar minha primeira moto e, apesar de estar focando a PCX, que já tomei ciência de seus problemas, considerei a Bros também. “Googei” por problemas na Bros e cá estou. De fato não fiquei tão assustado com o que li até agora, mas é decepcionante ter uma bomba relógio sob o banco. Estou chegando à conclusão que a escolha vem em par. A moto e tipo de problema com o qual você quer conviver. Como o pouco que li essas últimas semanas enquanto a carta não fica pronta (passei no exame prático hoje no Ibirapurera…), li um bocado de opiniões de artigos especializados (noves fora o tendencioso) e, principalmente, usuários sobre as motos desta faixa de preço. Resolvi me restringir à marca Honda seguindo o mesmo racional de quem faz isso (incluindo você). Então não restaram muitas opções, já que não quero street.
    Bom, vou ler mais tarde os posts restantes, independentemente da escolha do modelo, porque está muito boa a leitura. De qualquer forma, resolvi registrar aqui meus cumprimentos pelo excelente e consistente trabalho realizado. [ ]s.

    • Olá Guaracy,

      Fico grato pelo seu comentário, pois é realmente muito trabalhoso fazer isso aqui funcionar com apenas 1 pessoa e as vezes a vontade é de parar. Mas por pessoas como você, que buscam informações sem meias verdades e que tem suas dúvidas sanadas, que ganho motivação para continuar tentando sempre melhorar.

      Grande Abraço e seja sempre bem vindo!

  124. Ola, gostei demais das dicas, pois eu tenho uma bros 2010 modelo 10, no momento ela esta com 36 mil km, e agora que ela foi apresenta um defeito na injeção ou no caso na bomba, pois o que vc disse sobe o aquecimento é o que esta acontecendo na minha moto, pois a caso que nao liga nem na bala, ae quando liga vc anda normalmente , porem quando desliga a moto ela nao pega mais, exatamente hoje foi o primeiro tranco que dei nela, pois eu estava em uma cidade vizinha, e no caso teria que retorna entao fui obrigado a dar um tranco nela, pra nao ficar na mão em… Já levei a uma oficina porem nao consiguiram resolver, mas me disseram que se o problema persistice eu teria que trocar a bomba… entao acho que vou ter que fazer isso mesmo….
    Resumindo, mesmo com o motor frio ela nao pega as vezes, e como motor quente tbm, ela nao pega… ta tenso…

    • Olá, só lembra que “pode ser” bobina de ignição também, pois o sintoma de parar quando esquenta e depois que esfria ligar é o mesmo.

      Abraço e boa sorte.

    • Seu problema é simples de resolver.
      Primeiro você deve vender sua Bros 150.
      Segundo compre uma XTZ 150 e seja feliz para sempre ou enquanto você ainda tiver a moto .

    • você já rastreou ela para saber eu tive esse problema na minha 12/13 o problema parou após o rastreio e reinicialização da central da moto

  125. Caramba, que repercussão! Também, com um tema desses não era pra menos… Parabéns pelo artigo! Abraço

  126. Putz! Estava querendo comprar logo uma Bros para facilitar a minha vida em relação a locomoção ao trabalho. Agora fiquei sem saber qual comprar. Pois uma Teneré é muito caro para o meu orçamento.
    Mas de qualquer maneira, obrigado pela dica.
    Abraço.

  127. Tenho uma moto Bros 150/2009 e ela está com esse problema.
    Queria saber se seria uma boa alternativa retirar a injeção e colocar um carburador no seu lugar? Caso o faça terei problemas futuros?

    Quero saber também se colocar uma bomba similar terei problemas maiores e quais as diferenças(vantagens e desvantagens)? me indique por favor a melhor marcar!(ouvi dizer que a trilha é boa, pois fui informado que não)

    Agradeço desde já!

    • Cara, vou ser direto. Dependendo do uso que faz e dos cuidados que toma com a sua Bros, a solução é arrumar, e vender. Compre uma Yamaha Lander usada e poderá “espancar” ela a vontade, que ela aguenta o tranco.

      Não recomendo trocar injeção por carburador e não recomendo bombas de combustível do mercado de reposição. É um item muito importante para vacilar com peça que qualidade inferior para economizar. Esse é um dos casos onde o barato sai caro.

      Espero ter ajudado.

    • Seu problema é simples de resolver.
      Primeiro você deve vender sua Bros 150.
      Segundo compre uma XTZ 150 e seja feliz para sempre ou enquanto você ainda tiver a moto .

  128. Depois de ler esse artigo comecei a perguntar pros proprietários de Bros nos semáforos e TODOS até agora confirmaram ter tido o mesmo problema com a moto. Uma decepção…

    • eu já tive esse problema(usando só gasolina comum) com uma bros 2009, mas a minha 2012 já tah com 48000Km e não apresentou nenhum problema, mas sempre boto aditivada, O engraçado é que na minha 2009 se eu andasse a noite ela não engasgava, só engasgava durante o dia após alguns minutos.

  129. Em 1o lugar, parabéns ao Blog Motor do Mundo por abordar este tema delicado e de extrema importância pra nós motociclistas/consumidores.

    Em 2o lugar, um relato. Após ler este artigo comecei a perguntar pros proprietários de Brós nos semáforos e, simplesmente, TODOS até agora confirmaram ter passado pelo mesmo problema na bomba de gasolina. (tudo bem, pesquisa feita até o momento com no máximo 8 pessoas, mas vou continuar..)

    Em 3o lugar: decepção. Como a fábrica pode dar um mole desses?

    Abcs a todos!

  130. Bom dia, tenho uma bros 2011 flex , a mesma esta com 48000 e nunca deu qualquer tipo de problema referente a injecao ou a.bomba e uso etanol puro, gasolina e as vezes ambas misturadas. Moto top, nunca deu problema. Berando os 50.000, porque viajo bastante com ela.

  131. Uma pergunta…
    A nova Bros modelo 2014…ainda persiste o problema da bomba???
    Caso a resposta seja sim! por que? Sera que ninguém nunca chegou a reclamar para os representantes da marca ou porque a honda não se importa com a opinião de seus consumidores???

  132. tenho uma bros 2011. a bomba de combustivel ja queimou uma vez, e agora ja esta apresentando defeito denovo, menos de 3 meses de troca. O q poderia ser, o tanque esta cheio e a moto apresenta a luz ALC acesa, que manual pede pra abastecer no minimo 3 litros de gasolina quando a mesma estiver acesa. Nao consigo pilotar pois a mesma fisca engasgando. Me digam se realmente o problema é a bomba novamente. obg e parabens pelo blog.

    • não entendi. O tanque estava cheio de que? Se for de etanol, e a temperatura no dia estiver muito baixa, ele vai acender mesmo a lampada ALC. Já no caso de não estar só com etanol, verifique o sensor de oxigênio, pois ele tem papel fundamental na adaptação de mistura, e quando apresenta defeito no funcionamento, deixa a injeção “maluca”, sem conseguir identificar qual é o combustível usado no momento, gerando esses engasgos. Leve em um mecanico com experiencia em injeção eletronica e peça uma análise do sensor de oxigenio, pois ele pode estar comprometido. (aproveitando, esse sensor APENAS SE PASSA UM PANO NA PARTE EXTERNA, todo resto de “procedimentos” que voce por acaso ler na net, são bobagem e não funcionam.)

      Abraço

  133. Estou com uma bros 150 , quando ligo a motoa bomba arma normalmente , ai ela faz um barulho estranho ai para mas quando da a partida o barulho volto ! Falaram que é a bomba que esta indo pro ralo !

  134. Tenho uma bros 2009 com 17000km rodados e tive que trocar a bomba,hoje com 22000km a bomba já esta apresentando defeito, depois que esquenta começa a falhar. Tenho uma solução: comprei um carburador e uma torneirinha.bomba de gasolina na bros nunca mais !!!!!!!

  135. Cara tenho uma Bros 150 2012, quando eu ando muito com ela de vez em quando é pede a força mais longo em seguida volta não sei o que é.
    Obs: quando ligo a moto ela faz um barulho muito grande tipo um PIIIIIIII ate que a luz amarela apague e as vezes mesmo depois de as luz amarela apagar continua com a zuada.

    • leva em um mecânico que conheça em injeção e pede pra rastrear eu estava com um problema parecido ele rastreou e viu que tinha que reinicializar a central da moto e parou

  136. Pingback: Motocast #4 – Injeção Eletrônica | Motos Blog·

  137. tenho uma bros 150 12/13 moro em BH ja rodei mais de 14000KM nunca tive nem um desses problemas acima dito fui de BH a Aparecida em SP com ela são exatamente 1100KM 550 de ida e 550 de volta na volta vim sem parar 8:00 HRS de viagem parando só pra abastecer ela não me deu nem um problema pelo menos a acho que devo ter tido sorte o único problema que tive recentemente foi a ignição que as vezes falhava mais levei ao mecânico ele falo que era só resetar minha moto apos isso o problema acabou estou satisfeito com minha moto,agora uma dica pra quem tem e roda em cidade eu fiz e a moto ficou melhor e me deu 10KM/H a mais de final agora ela da 140KM/H coloquei pneu da Fazer medias 17/70/130 cabe sem necessidade de fazer nem uma adaptação ficou muito bom lembrando pneu traseiro.

  138. tenho uma bros 2009 tambem,passei pela mesma situacao anda 20km e comeca a falhar, gastei uma nota troquei a bomba vamos ve se melhora agora.

  139. eu ganhei um presentao a minha bros 2012 queimou a bomba . Apesar de eu fazer todas revisões na honda e estar tudo em dia ter um cuidade danado com ela ela me deixou na mão e não consigo nem reclama com a fábrica por favor me ajudem não tomar um prejuízo desses!

  140. Boa noite. Já faz algum tempo que acompanho o blog e acabei conhecendo o mesmo através de pesquisas sobre motos q eu estava fazendo antes de compra uma motocicleta para mim. Parabéns pelas matérias pois é difícil encontrar material sobre motos que não sejam tendencioso. Sei q o post fala sobre a Bros mas como foi tocado muito no assunto bomba de combustível, eu gostaria que se possível alguém me tirasse a seguinte dúvida: Eu tenho uma Suzuki GSR 150I e gostaria de saber se o sistema dela é semelhante à Bros e queria saber se eu tenho q tomar algum cuidado especial?

    • Olá Marlon, agradeço pela sua mensagem. A GSR 150i tem um sistema diferente, chamado DCP-FI, que conta com um compacto módulo acoplado ao corpo de aceleração onde estão a bomba de combustível, regulador de pressão e eletroinjetor. O objetivo é obter maior durabilidade e reduzir o tamanho dos componentes, problema crônico nas motos, principalmente nas menores. Não tenho conhecimento de nenhum caso de problema relacionado a estes itens na GSR, apenas lembre-se de usar gasolina confiável e se possível, sempre aditivada, pois mantém o sistema limpo por mais tempo. Separei uma imagem para você ver melhor como é o sistema da sua moto neste link >>> http://bit.ly/1a7ygjm

      Espero ter ajudado. Abraço!

      • Opa! Valew pela resposta. Sempre utilizo gasolina aditivada e por causa da má qualidade da gasolina brasileira eu a cada 6 meses coloco um aditivo tbm, pois é barato e acredito q não há problema em Tomar um cuidado a mais.
        Mais uma vez agradeço pela resposta é pelo blog com suas matérias esclarecedoras. Abraço e até mais!

        • Às ordens Marlon, mas fiquei com uma dúvida sobre este “aditivo” que coloca. Se for aquele que promete limpar o seu sistema de injeção, recomendo não utilizar mais, porque se por um lado ele realmente limpa o sistema, por outro ele prejudica o sensor de oxigênio e o catalisador da sua moto, pois os elementos da fórmula dele atacam a cerâmica destes importantes componentes. Se for este tipo de aditivo, fica aqui o meu conselho.

          Abraço e se gostou do blog, colabore indicando ele aos seus amigos! =)

  141. Tenho uma bros 2011 e viajo 220km 3 vzs ao ano nela e nunca tive nem um desses problemas, uso somente gasolina nela, nunca coloquei álcool.

  142. tenho uma bros 2010 esta com 123 mil kilometro nuca fis o motor troco oleo 2 em 2 mil e coloco alcool ou gas moto muito boa vou trocar por xre tive uma

  143. Tenho uma bros 2011, a minha bomba de combustível já queimou uma vez porque andei na reserva, depois que substituir e passei a andar com o tanque sempre acima da reserva, nunca mas tive dor de cabeça, uso bastante com etanol, é ruim para da a partida com ela fria, depois de uns 5 minutos funcionando, fica normal, de dia se for viajar coloco sempre etanol, anda bem mais e resfriar melhor a bomba por ser mais frio que a gasolina.

  144. tenho uma 2011 ate hoje nunca me deixou na mao ja rodei mas de 30km e so alegria detalhe ela nao e moto de afasto e de estradão muita lama uso em trilha ja mergulhei ela ate atura do banco varias vez ta rodando ate hoje fiz uns ajuste no motor q ate as xr 250 pena pra passa dela da 130 brincando. fui da uma da uma limpada na injeçao hoje so lama dentro o mecanico fico ate sopreso como ainda tava funcionando

    • Cara, você fez uma confusão enorme….

      Esta moto tem dois FILTROS DE COMBUSTÍVEL, e não duas bombas como citou. Veja de novo o vídeo com mais atenção…

      Abraço

  145. Trabalho com a moto e tenho uma bros 2009 com mais de 130.000 km peguei 0km, tambem tive problema uma vez com a bomba quando a moto tinha + ou – 20.000 km o meu mecanico recomendou q eu nao deixasse baixar de meio tanque, depois q fis isso nunca mais tive problema.
    Gostei tanto da moto q estou pegando outra 0km esta semana, pois o custo beneficio da mesma e muito bom recomendo a todos.

    • Segundo a Honda, sim, mas ela se baseia no fato de ser “menos provável” encontrar gasolina comum adulterada. Eu recomendo (e uso) a aditivada sempre!

  146. Cara minha bros ta com 30kl e esta so me dando problema
    Ja troquei a bateria 3x ja levei em uns 3 mecanicos ja revisei a moto a injeção eletronica e ninguem descobre o problema, so sei q a moto so dura 3 ou 4 dias depois ñ pega mais a acaba a bateria e tenho q dar carga na bateria infelizmente a qualidade da Honda me deixou na mão.

  147. Comprei ela de um 1 dono, e ela morreu na frente da empresa, não ligava mais, passou 20 minutos bati ela, ela ligou. É uma ESD 2012, estou no 2° dia com ela, estou vendo que futuramente então vou me encomodar, porque o motor rodava em baixo, pode ser bomba então? Existe algum método de evitar isto?

    • Dizem que se andar sempre com o tanque o mais abastecido possível, ajuda a não dar problema na bomba. Fora isso, não conheço nenhum “truque”…

      Abraço

  148. Olá galera! Alguém sabe informar se a Bros 150 2014 já vem com o problema da bomba de combustível resolvido,pois estou quase comprando uma, já estou até com a grana em mãos. Comprar ou não comprar?

    • Esperar a Yamaha Crosser 150 chegar na concessionária (chega em abril), conhece-la, fazer um test-ride, e ai sim decidir qual comprar. Eu gostei muito da Crosser. Por isso, sugiro que espere um pouco.

      Espero ter ajudado.

      • Já estou há 5 meses com uma bros 2014
        e estou muito satisfeito com ela

  149. tenho uma bros nessas especificações só que não e mi e sim flex e não apresenta tal problema…

    • Olá Adriano, como informação, “Mix” e “Flex” são idênticos. Só mudou o nome por puro marketing.

      Sobre não ter dado problema, ainda bem não acha?

      Abraço!

  150. Tenho uma bros esd 11/12 nunca tive problemas e olha que ando muito. E maravilhosa. nã dá oficina.

  151. Grande amigo, gostei da informação, sim, tive problema com a bomba de combustível elétrica da Bros 2011/2012, e o pior que eu estava na imigrantes quando houve o panico, pois moro na baixada santista, sorte minha que estava perto da casa de uma amiga, na qual deixei a moto lá, pois não pegou mais, e fui no dia seguinte com o mecânico busca-la. O que eu não contava que é um defeito de planejamento da moto.

  152. Comprei minha bros em julho de 2012 e a um mes atraz queimou a bomba… Gastei quase 700 reais e a causa dita pelos mecanicos da honda foi combustivel sujo que nao deixou gasolina passar e trancou a bomba… E realmente com a boca assoprei o filtro de combustivel com a boca e nao passou ar pq tava sujo

  153. Olá amigo,
    gostaria de saber se esse problema ainda acontece nas versões mais recentes da Bros. Pelo que tenho lido, esse é um problema que tem afetado as motos de 2009-2011, mas não encontro informações desse problema acontecendo em modelos mais novos. Estou em dúvida entre esta Honda e a Yamaha XTZ 125 XE, pendendo pro segundo por esse problema citado aqui nesse post.

    • André, não sei dizer se mudou, como eu disse no texto, é um problema de projeto – no meu entendimento – por terem escolhido adotar uma bomba de combustível externa. Eu não tenho a moto, e escrevi exatamente pois quando soube, desisti por receio. Mas, mudando o assunto, a XTZ 125 X é supermoto, e a Bros é trail. Você já viu a nova XTZ 150 Crosser? A posição de pilotagem é boa, ela é confortável para piloto e garupa, tem bagageiro de série e um belo painel, o desempenho do motor flex, com injeção eletrônica é bom (para a cilindrada) e acho que é mais moto que a Bros… dá uma ida na concessionária e veja ela, acho que vai gostar mais do que as duas opções que citou.

      Espero ter ajudado. Abraço!

      • Obrigado pela resposta. Fui em uma das concessionárias da Yamaha aqui em São Luís e estão cobrando 10000 por ela. Se levar em conta que é um lançamento e que o preço da Bros aqui passa dos 11000 é uma boa. Só que pelo preço que estão cobrando, já estou pensando em outro modelo e talvez pegue uma Titan 150 (se não estiver o absurdo que cobram na Bros) ou uma Fazer similar. O que acha? Há alguma diferença muito grande em questão de conforto dos modelos como Bros e Crosser para as street?

        • Sim, existe diferença. As trail são mais confortáveis e a suspensão com curso maior, e monoamortecida na traseira faz muita diferença. Das 4 que falou, eu compraria a Crosser.

          Abraço

  154. Você já testou a nova XTZ 150 Crosser? Qual foi a sua impressão, é melhor do que a Bros 150?

    Atte,
    Regimar.

  155. Aaaaaahhhhhhh então é por isso que fiquei na mão e empurrei por 3 km debaixo de chuva… kkkkkkkkkkkkkkk
    a coitada morreu e num quis mais pegar, cheguei a empurrar algumas vezes, sem jeito, depois de uma parada pegou andei 1km morreu num pegou mais e o jeito foi empurrar até em casa, no outro dia levei no mecanico deu uma carga na bateria e tava nova… hoje tá na revisão dos 32 mil na honda mesmo e qd for buscar vou comentar desse problema da bomba
    Tô aqui com a pulga atras da orelha agora com medo de fazer uma viagem de 2000km que tô planejando a um tempo.

  156. tenho uma bross 2009,2010,não tenho oque reclamar,viajei engarupado 700 km sem nenhum problema.aconselho tds na compra de uma,estou satisfeito.Abrass

  157. Tenho uma Bross 2013 e ela fica exposta no sereno , e é muito difícil fazer ela pegar , hoje tentei varias vezes até dei tranco e ela não pegou , alguém sabe me dizer o que pode ser
    OBS eu não abasteço com alcool , somente gasolina!!!

    • Lucas, minha ficava inverno (geada) e verão no tempo e nunca deu problema de não pegar.. OBS: A minha é partida no pedal…

  158. Meus cumprimentos a todos!

    Tenho um problema e gostaria de um auxílio dos camaradas, possuo uma NXR BROS 150, adquiri a moto há pouco tempo, rodei cerca de 3.500Km com ela, e a mesma mantem uma média de consumo de 20Km/Lt, é um número muito alto para a categoria segundo a montadora e segundo relatos de proprietários, fiz uma revisão na Honda semana passada e esse consumo se mantem, alguém teria noção de qual poderia ser a causa?

    • A fazer 250 é bem mais moto que a Bros. Nessa “treta” só recomendaria a Bros se andar por terrenos muito irregulares Só nesse caso. O ideal seria mesmo uma Ténéré 250, pois tem o conforto da Bros e o desempenho da Fazer 250.

      Espero ter ajudado.

      Abraço.

  159. tenho uma bros 2010 nunca tinha dado problema mais de uma hora para outra a bomba queimou ai eu adaptei um carborador que é muito mais barato, ficou quase a mesma coisa só que ficou um pouco mais fraca e não focou mais não ficou mais cortando giros e tá fucionando até hoje nunca deu problema

  160. Boa noite a todos!
    Só pára deixar registrado tenho uma bros 2009/2010 ando no alcool desde 0Km, ando 300km com um tanque até entrar na reserva e completo novalmente, com 22000 deu pau na bomba, substitui por uma original R$290,00 agora depois de um ano com 29000km está dando problema de novo, quando ligo a moto a bomba não funciona ai dou partida e uns chutes embaixo na bomba ela pega e ando normalmente, mais toda vez que desligo ela e vou sair tenho que novamente chutar a bomba para ela funcionar, kkkkk parece brincadeira mais é verdade estou andando assim já a 2 semanas como ando só dentro da cidade de casa pro serviço e do serviço para casa estou esperando ver até onde ela vai.

  161. Boa noite meu nome e Nonato eu tenho uma Bros 2013 pura eu sempre viago e minha ultima viagem,foi 570Km so parei quetro vez e nunca deu problema e olha que foi 80,100km por hs,e não negou fogo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s